Repositório Digital

A- A A+

Teste de dispositivos analógicos programáveis (FPAAS)

.

Teste de dispositivos analógicos programáveis (FPAAS)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Teste de dispositivos analógicos programáveis (FPAAS)
Autor Balen, Tiago Roberto
Orientador Lubaszewski, Marcelo Soares
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica.
Assunto Circuitos analógicos : Ensaios
Microeletronica
[en] Analog test
[en] Built-in self-test
[en] Field Programmable Analog Array (FPAA)
[en] Oscillation-based test
[en] Transient response analysis method
Resumo Neste trabalho o teste de dispositivos analógicos programáveis é abordado. Diversas metodologias de teste analógico existentes são estudadas e algumas delas são utilizadas nas estratégias desenvolvidas. Dois FPAAs (Field Programmable Analog Arrays) comerciais de fabricantes e modelos distintos são utilizados para validar as estratégias de teste propostas. O primeiro dispositivo estudado é um FPAA de tempo contínuo (capaz de implementar circuitos contínuos no tempo) da Lattice Semiconductors. Tal dispositivo é marcado pela característica estrutural de sua programabilidade. Por esta razão, a estratégia a ele aplicada é baseada em um método de teste também estrutural, conhecido como OBT (Oscillation-Based Test). Neste método o circuito é dividido em blocos simples que são transformados em osciladores. Os parâmetros do sinal obtido, tais como a freqüência de oscilação e a amplitude, têm relação direta com os componentes utilizados na implementação do oscilador. Desta maneira, é possível detectar falhas no FPAA observando os parâmetros do sinal gerado. Esta estratégia é estudada inicialmente considerando uma análise externa dos parâmetros do sinal. Como uma alternativa de redução de custos e melhoria na cobertura de falhas, um analisador de resposta baseado em um duplo integrador é adotado, permitindo que a avaliação do sinal gerado pelo oscilador seja feita internamente, utilizando-se os recursos programáveis do próprio FPAA. Os resultados obtidos para as análises interna e externa são então comparados. O segundo FPAA estudado, da Anadigm Company, é um dispositivo a capacitores chaveados que tem como característica a programabilidade funcional. Por esta razão o desenvolvimento de uma técnica de teste estrutural é dificultado, pois não se conhece detalhes da arquitetura do componente. Por esta razão, uma técnica de teste funcional, conhecida como Transient Response Analysis Method, é aplicada ao teste deste FPAA. Neste método o circuito sob teste é dividido em blocos funcionais de primeira e segunda ordem e a resposta transiente destes blocos para um dado estímulo de entrada é analisada. O bloco sob teste é então duplicado e um esquema de auto-teste integrado baseado em redundância é desenvolvido, com o intuito de se obter um sinal de erro. Este sinal de erro representa a diferença das respostas transientes dos blocos duplicados. Como proposta para se aumentar a observabilidade do sinal de erro o mesmo é integrado ao longo tempo, aumentando a capacidade de detecção de falhas quando utilizado este método. Em ambas estratégias o objetivo principal do trabalho é testar os blocos analógicos programáveis dos FPAAs explorando ao máximo a programabilidade dos dispositivos e utilizando recursos pré-existentes para auxiliar no teste. Os resultados obtidos mostram que as estratégias desenvolvidas configuram boas alternativas para o auto-teste integrado deste tipo de componente.
Abstract This work addresses the test of programmable analog devices. Several analog test methodologies are studied and some of them are applied in the developed strategies. In order to validate these strategies, two commercial FPAAs (Field Programmable Analog Arrays), of different vendors and distinct models, are considered as devices under test. The first studied device is a continuous-time FPAA from Lattice Semiconductors. One important characteristic of such device is the structural programmability. For this reason the test strategy applied to this FPAA is based in a structural method known as OBT (Oscillation-Based Test). In this method, blocks of the circuit under test are individually converted into oscillators. The parameters of the generated signal, such as the frequency and amplitude, can be expressed as function of the components used in the oscillator implementation. This way, it is possible to detect faults in the FPAA simply observing such parameters. This method is firstly studied considering an external analysis of the signal parameters. However, in a second moment, an internal response analyzer, based on a double integrator, is built with the available programmable resources of the FPAA. This way, overall test cost is reduced, while the fault coverage is increased with no area overhead. The obtained results considering the external analysis and the built-in response evaluation are compared. The second considered FPAA, from Anadigm Company, is a switched capacitor device whose programming characteristic is strictly functional. Thus, a structural test method cannot be easily developed and applied without the previous knowledge of he device architectural details. For this reason, a functional test method known as TRAM (Transient Response Analysis Method) is adopted. In this method the Circuit Under Test (CUT) is programmed to implement first and second order blocks and the transient response of these blocks for a given input stimuli is analyzed. Taking advantage of the inherent programmability of the FPAAs, a BIST-based scheme is used in order to obtain an error signal representing the difference between the fault-free and faulty Configurable Analog Blocks (CABs). As a proposal to augmenting the observability, the error signal is integrated, enhancing de fault detection capability when using this method. In both developed strategies the main objective is to test the CABs of the FPAAs exploiting the device programmability, using the existing resources in order to aid the test. The obtained results show that the developed strategies represent good alternatives to the built-in self-test of such type of device.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7891
Arquivos Descrição Formato
000559965.pdf (1.700Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.