Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da atenção primária à saúde sob a visão profisisonal com ênfase no acesso e coordenação : um estudo preliminar

.

Avaliação da atenção primária à saúde sob a visão profisisonal com ênfase no acesso e coordenação : um estudo preliminar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da atenção primária à saúde sob a visão profisisonal com ênfase no acesso e coordenação : um estudo preliminar
Outro título Evaluation of primary care through the sight of the practitioner with emphasis in access and coordination : a preliminary study
Autor Bidinotto, Augusto Bacelo
Orientador Hilgert, Juliana Balbinot
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Atenção primária à saúde
[en] Accessibility
[en] Employee performance Appraisal
[en] Family health
[en] Health services
[en] Oral health
[en] Primary health care
Resumo Avaliar a inserção e a qualidade da saúde bucal em APS no Brasil sob a perspectiva do profissional é fundamental na conceitualização do serviço prestado, justamente porque são esses os responsáveis pela produção do cuidado. O presente estudo teve como objetivo a avaliação da atenção primária à saúde por meio da validação do instrumento PCAtool, com ênfase nos atributos de acesso e coordenação, através de resultados preliminares. Foi realizada aplicação de questionário com varíaveis de sexo, regime de contratação e instituição e data de graduação, e do instrumento PCAtool profissional, versão saúde bucal. A amostra do estudo consistiu em cirurgiões-dentistas matriculados no curso de especialização em saúde da família da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde, vinculada à Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. A população do estudo constituiu de 29. Ela foi caracterizada por uma maioria de mulheres (75,9%), contratadas sob regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) (54,5%), inseridas na Estratégia de Saúde da Família (95,5%). O atributo acesso recebeu pontuações amplamente inferiores (3,9 ±0,854) aos outros atributos, enquanto que o atributo coordenação recebeu escores altos nos seus dois atributos, integração de cuidados (7,1 ±1,433) e sistemas de informação (8,4 ±1,804). A pontuação do atributo coordenação vai ao encontro de outros estudos, e seus altos escores podem estar relacionados ao fato de que é medido o modo com a APS se relaciona com outros serviços. O atributo acesso provavelmente obteve escores baixos devido a herança de um modelo excludente, além de mudanças sociais e econômicas a que o país e o sistema experimentaram nas últimas duas décadas.
Abstract It is fundamental to evaluate the insertion and quality of oral health in Primary Health Care in Brazil, through the sight of the practitioner, in order to conceptualize the care given, precisely because these are the responsible for the actual care production. The present study’s objective was to evaluate primary health care through the validation of the PCAtool instrument, stressing the access and coordination attributes, through preliminary results. A questionnaire with variables concerning sex, hiring regime and under-graduation year and institution, and the PCAtool oral health, practitioner version instrument was applied. The current study sample consisted dentists registered in specialization course on family healthcare ministered in the Open University of the Unified Health System, attached to the Federal University of Health Sciences of Porto Alegre. The study population consisted of 29 dentists. The population was characterized by a majority of women (75,9%), hired under the CLT regime (54,5%), inserted in the Family Health Strategy (95,5%). The access attribute scored far less than the other attributes evaluated (3,9 ±0,854), while both coordination, integrating care and information systems received the high scores of (7,1 ±1,433) and (8,4 ±1,804), respectively. The scoring of the coordination attributes meets the findings of other studies, and the high scores may be related do the fact that it measures the way the Primary Health Care relates to other services. The access attribute probably received low scores because of the heritage of an excluding organizational model, in addition to social and economic change experienced by the country and the health system in the last two decades.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78949
Arquivos Descrição Formato
000900535.pdf (208.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.