Repositório Digital

A- A A+

Associação entre sintomas depressivos e procura por cuidados odontológicos de Porto Alegre, RS

.

Associação entre sintomas depressivos e procura por cuidados odontológicos de Porto Alegre, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação entre sintomas depressivos e procura por cuidados odontológicos de Porto Alegre, RS
Outro título Association between depressive symptoms and dental care seeking behavior for the elderly in Porto Alegre, RS
Autor Ávila, Gabriela Ádima de Camargo
Orientador Hilgert, Juliana Balbinot
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Odontologia.
Assunto Depressão
[en] Answering services
[en] Dental care for aged
[en] Depression
Resumo A depressão constitui um sofrimento psíquico frequente no idoso, o que pode comprometer vários aspectos de suas vidas, inclusive o cuidado com sua saúde bucal. A presença de sintomas depressivos pode estar relacionada com desfechos negativos, dentre eles, a ausência de busca ou busca orientada por cuidados odontológicos. Objetivo: Avaliar a associação entre a presença de sintomas depressivos e a ausência de procura ou busca orientada por cuidados odontológicos por idosos de Porto Alegre, RS. Materiais e métodos: Foram selecionados para o estudo, através de uma amostragem por conglomerado, idosos moradores do distrito sanitário Partenon/Lomba do Pinheiro. A entrevista incluiu: um questionário sócio demográfico com variáveis como sexo, idade, renda, entre outras; a Escala de Depressão Geriátrica (GDS-15); e uma questão relacionada à procura por serviços odontológicos. Os indivíduos respondiam se a busca por serviços odontológicos era ausente ou orientada por problemas ou ocasional/regular. Por fim, foi realizado um exame bucal que consistiu na contagem do número de dentes, restos radiculares, uso de prótese dentária e alteração de tecido mole. A análise foi realizada no software PASW versão 18. Resultados: Dos 862 idosos entrevistados, 67,9% era do sexo feminino, a média de idade foi de 69,9 (±7,4) anos, a escolaridade média foi de 6,0 (±3,8) anos de estudo, 35,7% dos idosos tinha renda ≤ a dois salários mínimos (R$ 1090,00) e 76,2% dos idosos nunca procuravam por serviços odontológicos ou esta procura era orientada por problemas. Por meio de regressão de Poisson com variância robusta, observou-se que ser do sexo masculino (RP=1,16, IC95% 1,07-1,25), ter baixa escolaridade (RP=1,22, IC95% 1,11 – 1,33), ter baixa renda (RP=1,15, IC 1,07-1,23), apresentar arco dental reduzido (1-19 dentes) (RP=1,26, IC95% 1,06-1,49), ser edêntulo (RP=1,69, IC95% 1,43-2,00), apresentar resto radicular (RP=1,24, IC95% 1,12-1,36) e possuir sintomas depressivos (RP=1,14, IC95% (1,06-1,22) estiveram independentemente associados com o desfecho. Conclusão: Há uma diferença significativa de procura por cuidados de saúde bucal dentre idosos com sintomas depressivos, além de baixa condição socioeconômica e condição bucal desfavorável. Desta forma, conclui-se que tanto aspectos emocionais quanto socioeconômicos e clínicos devem ser considerados quando a procura por cuidados odontológicos é avaliada.
Abstract Depression is a common condition of old age that may disturb several aspects of older persons’ lives, including oral health self-care. The occurrence of depressive symptoms may be related to negative outcomes that include problem oriented oral health care or absent health care seeking behavior. Aim: to evaluate the association between depressive symptoms and dental care seeking behavior in older persons living in Porto Alegre, RS. Methods: Following a conglomerate random sampling strategy, independent living older persons living in Partenon/Lomba do Pinheiro Sanitary District were evaluated. An interview assessing socioeconomic variables that included age, sex and income; the Getriatric Depression Scale-15 and a question assessing dental care seeking behavior was carried out. Participants answered if their dental care seeking behavior was problem oriented, occasional/customary or absent. In addition, an oral examination that consisted in the assessment of the number of remaining natural teeth, root remnants, dental prostheses use and oral mucosa lesions was performed. Statistical analysis was carried out using the SPSS 18. Of the 862 older persons that took part of the study, 67.9% were women, the mean age was 69.9 (7.4) and the mean years of formal education was 6.0 (3.8), 35.7% had an income <= 2 minimum wages (R$ 1090.00) and 76.2% had problem oriented or absent dental seeking behavior. Following a Poisson regression with Robust variance, males (PR=1.16, 95% CI 1.07-1.25), less schooling (PR=1.22, 95% CI 1.11 – 1.33), lower income (PR=1.15, 95% CI 1.07-1.23), having 1-to-19 natural teeth (PR=1.26, 95% CI 1.06-1.49), edentulousness (PR=1.69, 95% CI 1.43-2.00), presence of root remnants (PR=1.24, 95% CI 1.12-1.36) and presence of depressive symptoms (PR=1.14, 95% CI (1.06-1.22) were independently and significantly associated with the outcome. Conclusion: There is a significant difference in respect to dental care seeking behavior within older persons presenting depressive symptoms and those of low socioeconomic strata and with a poor oral status. Thus, it is concluded that emotional, socioeconomic and oral status must be considered when evaluating dental care seeking behavior in older persons.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/78961
Arquivos Descrição Formato
000900721.pdf (713.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.