Repositório Digital

A- A A+

Artrópodes predadores em copas de Citrus deliciosa Tenore (Rutaceae) var. Montenegrina, sob manejo orgânico, em Montenegro, RS

.

Artrópodes predadores em copas de Citrus deliciosa Tenore (Rutaceae) var. Montenegrina, sob manejo orgânico, em Montenegro, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Artrópodes predadores em copas de Citrus deliciosa Tenore (Rutaceae) var. Montenegrina, sob manejo orgânico, em Montenegro, RS
Autor Morais, Rosana Matos de
Orientador Redaelli, Luiza Rodrigues
Co-orientador Santos, Aline Barcellos Prates dos
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal.
Assunto Artrópodes predadores
Citrus deliciosa tenore
Diversidade animal
Montenegro (RS)
Resumo O estudo teve como objetivo o inventariamento da comunidade de artrópodes predadores presentes em um pomar orgânico de Citrus deliciosa Tenore, var. Montenegrina (29º37’51”S e 51º28’10”W), situado no Município de Montenegro, Rio Grande do Sul, Brasil. As amostragens foram realizadas quinzenalmente, de 29 de março de 2004 a 14 de março de 2005. Em cada uma das ocasiões, de 24 plantas sorteadas, era retirada uma unidade amostral de ambas as faces da copa voltadas para as entrelinhas, totalizando 48 unidades por ocasião, utilizando-se um pano-de-batida de 1m2. As 26 ocasiões de amostragem resultaram na captura de 3.787 artrópodes predadores, dos quais 3.129 pertencentes a Arachnida e 658 a Insecta, distribuídos num total de 112 espécies. Leptus sp. 1 (Acari: Erythraeidae), Amblyseius saopaulus Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae) e Camponotus sp.1 (Hymenoptera: Formicidae) foram as espécies mais abundantes. Com base nos adultos de Araneae, foram reconhecidas 53 espécies distribuídas em oito famílias; em Acari, considerando jovens e adultos, registraram-se oito espécies em três famílias e em Insecta constataram-se indivíduos das ordens Coleoptera, Hymenoptera, Neuroptera, Thysanoptera e Hemiptera, perfazendo dez famílias e 51 espécies. Com relação à sazonalidade, os artrópodes foram mais abundantes no inverno (521 indivíduos) e a maior riqueza foi verificada durante a primavera, com 76 espécies. Considerando apenas os aracnídeos, o inverno foi a estação que apresentou maior abundância de indivíduos (42,1%), enquanto a primavera foi a mais rica em número de espécies (41). Quanto aos índices de diversidade nesse grupo, Margalef foi mais elevado na primavera e Shannon-Wiener e Simpson no verão. Em relação aos insetos, a maior abundância (29,3%) e riqueza (35) foram verificadas na primavera, assim como os maiores valores de Shannon-Wiener e Margalef; já os de Simpson foram semelhantes entre as estações. Tais registros evidenciam a grande diversidade de artrópodes predadores neste agroecossistema e fornecem subsídios para o manejo e a conservação destas espécies.
Abstract The study aimed to survey the community of predatory arthropods in an organic orchard of Citrus deliciosa Tenore, var. Montenegrina (29º37’51”S and 51º28’10”W), located in Montenegro County, Rio Grande do Sul, Brazil. Samplings were carried out fortnightly, from March 29th, 2004 to March 14th, 2005. At each sampling occasion, a sample was taken from each one of 24 randomly selected trees, at both sides of the canopy facing the inter-rows. Henceforth, 48 sampling units/occasion were obtained shaking a branch of the plant with a wood stick and collecting the arthropods that fell on a sheet of white cloth (1m2) laid under the canopy tree. The 26 sampling occasions rendered 3,787 individuals of predatory arthropods, 3,129 belonging to Arachnida and 658 to Insecta, distributed in 112 species. Leptus sp. 1 (Acari: Erythraeidae), Amblyseius saopaulus Denmark & Muma (Acari: Phytoseiidae) and Camponotus sp.1 (Hymenoptera: Formicidae) were the most abundant species. Based upon the adults, 53 species of Araneae were recognized, belonging to eight families. Among Acari, considering immatures and adults, eight species were recorded in three families. In Insecta, it was found individuals of the Orders Coleoptera, Hymenoptera, Neuroptera, Thysanoptera e Hemiptera, amounting to ten families and 51 species. Arthropods were most abundant in winter (521 individuals), whereas the greatest richness was verified during spring, attaining 76 species. Considering only arachnids, individuals were more abundant in winter (42.1%), meanwhile the greatest richness was registered in spring (41 species). Relative to the diversity indices, in this group, Margalef was higher in spring, and Shannon-Wiener and Simpson in the summer. Relative to insects, both abundance (29.3%) and richness (35 species) were more elevated in spring, as well as the values of Shannon- Wiener and Margalef. Nevertheless, the Simpson’s values were similar among seasons. These findings evidence the high diversity of predatory arthropods occurring in this agroecosystem and furnish clues to the management and conservation of these species.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7900
Arquivos Descrição Formato
000560065.pdf (400.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.