Repositório Digital

A- A A+

O processo de retextualização de elementos culturais no texto escrito do aluno de espanhol-LE

.

O processo de retextualização de elementos culturais no texto escrito do aluno de espanhol-LE

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo de retextualização de elementos culturais no texto escrito do aluno de espanhol-LE
Autor Almeida, Michele Mafessoni de
Orientador Rottava, Lucia
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Português e Espanhol: Licenciatura.
Assunto Cultura
Ensino de língua estrangeira (espanhol)
Produção textual
[es] Español-LE
[es] Producción textual
[es] Retextualización
Resumo O presente trabalho de conclusão de curso tem por objetivo refletir sobre o modo como os alunos de espanhol-LE, no contexto de escola pública, retextualizam as informações culturais a que são expostos, tomando como objeto de análise suas produções escritas. Os conceitos teóricos articulados na pesquisa incluem cultura e retextualização. O primeiro é definido de uma perspectiva intercultural, na qual a cultura se constituiu um “terceiro lugar” (third place) pela historicidade, usos e costumes do “outro”; o segundo é entendido como a produção de um novo texto, a partir de um texto base, devido a uma nova/distinta necessidade comunicativa em uma língua. O exame das produções analisadas é de natureza qualitativa. Foram selecionados textos produzidos ao longo dos meses de março e abril, dentro do Programa de Iniciação à Docência (PIBID-espanhol), do semestre 2013/1, com sete turmas de segundo ano da rede estadual de ensino. Os critérios estabelecidos para a análise do corpus, desta pesquisa, refletem sobre o conceito de retextualização em relação com o elemento cultural e como se configura no texto do aluno. Para tanto, foram adaptados critérios de Marcuschi (2001) que contemplassem as produções escritas dos aprendizes na especificidade do evento de sala de aula e o modo como o educando se apropria do texto-base e o ressignifica em sua produção, assim como se levou em conta o modo como são trazidos os significados da LE para o seu meio social, demonstrando apropriação de conceitos. Os resultados indicam que a promoção de situações em que o aluno tenha de comunicar-se para ser compreendido, mostra-se como uma ferramenta importante de ser utilizada por professores de língua estrangeira em escolas. A contribuição, deste estudo, é mostrar que a aprendizagem de LE adquire significado no contexto cultural no qual suas situações comunicativas acontecem. Por conseguinte, reitera-se que agir, no mundo, com a LE, leia-se saber se comunicar e ser um cidadão intercultural, são as crenças e as metas dessa pesquisa.
Resumen Este trabajo de conclusión de grado tiene por objetivo reflexionar sobre cómo los alumnos de español-LE en contexto de enseñanza pública retextualizan las informaciones culturales a las cuales han sido expuestos, teniendo como objeto de análisis sus producciones escritas. Los conceptos teóricos articulados en esta investigación incluyen cultura y retextualización. El primero está definido desde una perspectiva intercultural en la cual cultura se constituye en un “tercer lugar” (third place) por la historicidad, usos y costumbres del “otro”. El segundo es comprendido como la producción de un nuevo texto, partiéndose de un texto base, debido a una nueva/distinta necesidad comunicativa en la lengua. El análisis de las producciones examinadas es de naturaleza cualitativa. Han sido seleccionados textos producidos a lo largo de los meses de marzo y abril, dentro del Programa de Iniciação a Docência (PIBID-espanhol), del semestre 2013/1, con siete grupos de segundo año de secundaria de la escuela pública. Los criterios establecidos para el análisis del corpus de esta investigación reflexionan sobre el concepto de retextualización en relación con el elemento cultural y como se configura en el texto del aluno. Para eso, fueron adaptados criterios de Marcuschi (2001) que han sido contemplados en las producciones escritas de los alumnos en la especificidad de la clase y el modo como el alumno se apropia del texto-base y lo recría en su producción, así como se tuvo en cuenta el modo como los alumnos traen los significados de la LE para su medio social, demostrando apropiaciones de sus conceptos. Los resultados indican que la promoción de situaciones comunicativas que dan a los alumnos oportunidad de interactuar con el “otro” para ser comprendido es una herramienta importante que debe ser utilizada por profesores de lengua extranjera en escuelas. La contribución de este estudio es mostrar que el aprendizaje de LE adquiere significado en el contexto cultural en el cual sus situaciones comunicativas ocurren. Por consiguiente, se reitera que actuar en el mundo con la LE, o sea saber comunicarse y ser un ciudadano intercultural son creencias y metas de esta investigación.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/79039
Arquivos Descrição Formato
000900774.pdf (963.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.