Repositório Digital

A- A A+

Turismo rural, modos de vida em mudança e percepções do rural : um estudo a partir das práticas alimentares de famílias rurais em contexto de interação com turistas

.

Turismo rural, modos de vida em mudança e percepções do rural : um estudo a partir das práticas alimentares de famílias rurais em contexto de interação com turistas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Turismo rural, modos de vida em mudança e percepções do rural : um estudo a partir das práticas alimentares de famílias rurais em contexto de interação com turistas
Autor Beber, Ana Maria Costa
Orientador Menasche, Renata
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Alimentação : Aspectos culturais
Culinária regional
Relações sociais
Turismo rural
[en] Consumption
[en] Countrysidecity relationships
[en] Cultural gatherings
[en] Nourishment
[en] Rural development
[en] Socio-cultural changes
Resumo A partir da observação das práticas alimentares, entendidas enquanto constituintes de patrimônio familiar e como produto de consumo no turismo rural, esta tese analisa mudanças socioculturais em contexto de interação entre visitantes e visitados. Essas mudanças são entendidas a partir da noção de hibridismo cultural, que se realiza quando costumes herdados da população receptora tornam-se também produto de consumo para o turista, ou seja, quando ocorre a interação entre visitantes e visitados, situação de culturas em contato. Ainda, o espaço rural é aqui entendido como um rural plural, na perspectiva da multifuncionalidade. É nesse quadro que se coloca como objetivo apreender, a partir da observação das práticas alimentares, as percepções do rural e as mudanças nos modos de vida de famílias rurais em contexto de interação com turistas. Os dados empíricos foram obtidos por meio de pesquisa etnográfica, utilizando observação participante e entrevistas semiestruturadas. O olhar concentrou-se na família proprietária da Pousada Fazenda do Amor e em duas famílias vizinhas, que mantêm com a primeira, além de elo de parentesco, relações de compra, venda e troca de alimentos servidos na pousada. A análise dos dados permitiu a discussão sobre as mudanças nos modos de vida a partir da inter-relação entre familiares da Pousada Fazenda do Amor e turistas. Assim, os resultados são discutidos a partir de três formas de classificação das práticas alimentares no estabelecimento: a comida turística, a comida da cidade e a comida nossa. Ainda, a comida é entendida como patrimônio familiar e produto de consumo, capaz de criar laços entre os próprios familiares e entre os turistas, mas, também, distinção entre eles, marcando a posição dos sujeitos no encontro turístico.
Abstract From the observations of food consumption practices, being these considered as part of familial heritage and as consumption produces for rural tourism, this thesis analyses socio-cultural changes in the interaction context of visitors and hosts. These changes are comprehended based on the concept of cultural hybridism, which occurs when inherited customs of host population also become consumption produce for tourists, that is, when there is an interaction between visitors and hosts, a situation of cultures in contact. Yet, rural area is understood here as plural, in a multi functional perspective. It is in this situation that the aim is to understand, from the observation of food consumption practices, the perceptions of rural and the changes in lifestyle of rural families in the context of tourist interaction. The empirical data were taken from ethnographic research, making use of participant observations and semi structured interviews. The main focus was on the family, who owns the Fazenda do Amor Inn and on two other neighbor families, which keep with the first, besides kinship; purchasing, selling and exchange of the food served in the inn. The data analysis enabled a discussion about changes in the lifestyle from the interrelation between the family of Fazenda do Amor Inn and tourists. Thus, the results are discussed based on three categories related to the food consumption practices there; touristic food, city food and their own food. Moreover, food is considered familial heritage and also as a consumption produce which can not only straighten ties among kinship and among tourists, but can also be used as a distinction, highlighting the position of subjects in touristic gathering.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/79116
Arquivos Descrição Formato
000896927.pdf (21.16Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.