Repositório Digital

A- A A+

O território e o corpo : cura, mediações e circulações na comunidade quilombola da Timbaúva, Formigueiro/RS

.

O território e o corpo : cura, mediações e circulações na comunidade quilombola da Timbaúva, Formigueiro/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O território e o corpo : cura, mediações e circulações na comunidade quilombola da Timbaúva, Formigueiro/RS
Autor Possatti, Daniele Marzari
Orientador Anjos, José Carlos Gomes dos
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Etnografia
Formigueiro (RS)
Quilombos
Relações sociais
Territorio
[en] Bodies
[en] Healing assemblages
[en] Mediations
[en] Networks
[en] Territory
Resumo Este trabalho é o resultado da pesquisa etnográfica realizada junto a afro-brasileiros e afro-brasileiras da comunidade quilombola da Timbaúva, situada no município de Formigueiro - RS. Tem como objetivo esboçar as relações entre corpo e território pela perspectiva das imbricações entre ambos, para versar sobre como os corpos quilombolas articulam e acionam mundos. Forjam-se, desse modo, as distintas esferas de ação postas em funcionamento pelos corpos quilombolas, a saber, a luta corporal como modalidade de resistência frente a segregação étnico-racial; os agenciamentos de cura engendrados; os atores da pesquisa e as relações de mediação estabelecidas com os agentes técnicos da política e com os agentes técnicos da biomedicina; e ainda as circulações em redes de cura, sociabilidade e reciprocidade.
Abstract This work is the result of ethnographic research made along the Afrobrazilian community of Timbaúva Quilombo, located in the municipality of Formigueiro - RS. It aims to outline the relationships between body and territory from the perspective of the relationship between both, to discuss about how quilombo bodies articulate and trigger worlds. Forge is thus the different spheres of action put in place by quilombo bodies, namely the wrestling as a form of resistance against the ethnic and racial segregation; assemblages healing engendered, actors of research and relations mediation established agents with technical policy and technical officials of biomedicine, and the circulations in networks still healing, sociability and reciprocity.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/79120
Arquivos Descrição Formato
000901909.pdf (3.429Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.