Repositório Digital

A- A A+

As relações de causalidade estrutura-sujeito em Veblen e em Marx : perspectivas inconciliáveis?

.

As relações de causalidade estrutura-sujeito em Veblen e em Marx : perspectivas inconciliáveis?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As relações de causalidade estrutura-sujeito em Veblen e em Marx : perspectivas inconciliáveis?
Autor Avila, Róber Iturriet
Orientador Herrlein Junior, Ronaldo
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Economia evolucionaria
Economia institucional
História do pensamento econômico
Marx, Karl 1818-1883.
Teoria econômica
Veblen, Thorstein 1857-1927.
[en] History of economic thought
[en] Thorstein veblen
Resumo O presente trabalho objetiva investigar as proximidades e afastamentos nas análises de Thorstein Bunde Veblen e de Karl Heinrich Marx acerca das relações de causalidade entre a estrutura e o sujeito. Para desenvolver essa questão, é abordada a concepção de indivíduo, de instituições e suas relações de causalidade na ótica de Veblen, as quais partem da crítica aos autores clássicos e neoclássicos. É exposta, ainda, a crítica que Veblen efetua a Marx por entendê-lo como determinista. Abordam-se, também, as origens da caricatura de Marx determinista em sua própria obra, a partir de seu arcabouço teórico, o materialismo histórico dialético. Nele o sujeito é condicionado pelas relações produtivas, em uma conjunção de propriedade privada e alienação. O rótulo de Marx tem também origem por seu intento de contradizer o idealismo e demonstrar a importância da história para se entender a realidade. A referida visão é desconstruída a partir das dispersas passagens em que Marx reconhece o indivíduo e sua influência sobre a estrutura. Por fim, são frisadas as zonas de aproximação e distanciamento entre as duas abordagens, assim como críticas a ambos.
Abstract This research aims at investigating the approximation and distances in the analysis of Thorstein Bunde Veblen and Karl Heinrich Marx about the causal relationships between structure and individual. To develop this issue, it is discussed the conception of individual, of institutions and their causal relationships from Veblen‘s perspective, which starts out from a critic to classical and neoclassical authors. It is also exposed the criticism that Veblen does to Marx by understanding that the last is deterministic. It is discoursed the sources of Marx‘s deterministic caricature in his own work, from its theoretical, the historical dialectical materialism. At this approach, the individual is conditioned by the productive relations, in a combination of private ownership and alienation. This label has also origin from Marx‘s attempts of contradicting the idealism and demonstrates the importance of history for understanding reality. That vision is deconstructed from scattered passages in which Marx recognizes the individual and their influence on the structure. Finally, the distance between the two approaches are beaded, as well as critical to both.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/79122
Arquivos Descrição Formato
000897635.pdf (1.160Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.