Repositório Digital

A- A A+

A influência da estrutura organizacional do conhecimento sobre a estratégia empresarial

.

A influência da estrutura organizacional do conhecimento sobre a estratégia empresarial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência da estrutura organizacional do conhecimento sobre a estratégia empresarial
Autor Funck, Roberto
Orientador Vargas, Lilia Maria
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Estrategia empresarial
Estrutura organizacional
Gestao tecnologica
Resumo Nesta tese busca-se, através de um estudo de casos múltiplos envolvendo três empresas e com o auxílio das técnicas de análise de redes sociais, a resposta para a seguinte questão de pesquisa: como o processo e o conteúdo da estratégia empresarial são afetados pela estrutura organizacional do conhecimento existente na respectiva organização? A fundamentação teórica que dá sustentação às conclusões apóia-se em quatro conceitos: (a) o conceito de empresa como uma instituição integradora de conhecimento, um sistema de comportamentos inter-relacionados de pessoas que realizam tarefas que são diferenciadas em vários sub-sistemas distintos, cada sub-sistema desenvolvendo uma parcela da tarefa, e os esforços de cada uma sendo integrados para alcançar o desempenho efetivo do sistema; (b) o conceito de conhecimento como uma propriedade do indivíduo, uma rede de significados mediatos ou imediatos, atribuídos a objetos reais e ideais, estabelecidos a partir da razão e da experiência e cuja verdade é avaliada segundo critérios de verdade que dependem da natureza do objeto conhecido e da concepção de verdade do sujeito que conhece;(c) o conceito de estratégia como o modelo de decisões de uma empresa que determina e revela seus objetivos, propósitos ou metas, produz as principais políticas e planos para atingir essas metas e define o escopo de negócios que a empresa vai adotar, o tipo de organização econômica e humana que ela é ou pretende ser e a natureza da contribuição econômica e não econômica que ela pretende fazer para seus acionistas, funcionários, clientes e comunidades e que pode ser resultado de planejamento ou não e (d) o conceito de estrutura organizacional do conhecimento como o sistema de relações cognitivas que se estabelecem entre indivíduos em situação de interação não eventual. Conclui-se que a manutenção da estratégia depende da qualidade da base de conhecimento comum fornecida por idéias aglutinadoras; que as empresas nas quais o conteúdo das idéias aglutinadoras for relevante para a compreensão dos elementos definidores da estratégia e não contiver contradições terão mais facilidade para manter sua estratégia do que aquelas empresas em que esse conteúdo não estiver predominantemente relacionado com esses elementos ou contiver contradições; que quanto mais densas forem as relações inter-cluster das proposições integradoras, mais facilidade a empresa encontrará para implementar sua estratégia; que as demandas específicas das coalizões políticas formadas nas organizações são condicionadas pelo conteúdo das proposições integradoras e que quanto maior for a centralidade dos tomadores de decisões estratégicas, mais facilidade eles terão para adotar um processo participativo na elaboração e implementação da estratégia; quanto menor for sua centralidade, maior será a necessidade de recorrer à autoridade. Sugere-se, finalmente, que os conceitos e a metodologia utilizados na tese podem ser também utilizados para estudos em outras áreas, tais como a comunicação organizacional e sistemas de hipermídia adaptativa.
Abstract The presente work aims at finding, throught a study of multiple cases involving three companies and with the support of analysis techniques of social networks, the answer for the following research question: how are the process and content of entrepreneurial strategy affected by the organizational structure of knowledge existing in the respective organization? The theoretical foundation which supports the conclusions is based in fou concepts: (a) the concept of enterprise as a system if inter-related behaviors of people who do tasks which are differentiated in various distinct subsystems, each sub-system developing part of the task, and the efforts of each one being integrated in order to reach the effective development of the system; (b) the concept of knowledge as an individual quality, a network of mediate or immediate meanings, attributed to real and ideal objects, established from the reason and the experience and which truth is evaluated according to truth criteria that depend on the nature of the know object and the conception of truth of the subject who knows it; (c) the concept of strategy as the model of decisions of a company which determines and reveals its purposes or goals, produces the main polices and plans in order to reach these goals and defines the target of business the company will adopt, the type of economical and human organization the company is or intends to be and the nature of economic and non-economic contribution which it intends to do to its stockholders, employees, customers and community and that can be the result of planning or not and (d) the concept of organizational structure of knowledge as a system of cognitive relations which occur among individuals in situation of non-eventual interaction. It is concluded that the maintenance of strategy depends on the quality of the foundation of common knowledge supplied by joining ideas; that the companies in which the content of the joining ideas is relaevant for the understanding of the defining elements of the strategy and do not present contradictions will more easily maintain their strategy than those companies in which the content is not predominantly related to these elements or have contradictions; that the ticker the inter-cluster relations of integrative propositions are, the easier it wil be for the company to implement its strategy; that the specific demands of political alliances formed in the organizations are conditioned by the content of the integrative propositions and that the bigger the centralization of the strategic decision makers, the easier they will adopt a participative process in the ellaboration and implementation of the strategy; that the smaller the centralization, the bigger the necessity to ask for help for the autority. Finally, it is suggested that the same concepts and methodology may be used for studies in other areas, such as the organizational communication and the adaptable hypermedia systems.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/7921
Arquivos Descrição Formato
000560775.pdf (1.862Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.