Repositório Digital

A- A A+

The dark side is the bright side, in Robinson Crusoe : a transdisciplinary reading of Daniel Defoe's novel

.

The dark side is the bright side, in Robinson Crusoe : a transdisciplinary reading of Daniel Defoe's novel

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título The dark side is the bright side, in Robinson Crusoe : a transdisciplinary reading of Daniel Defoe's novel
Autor Lemos, Helena Maria Roennau
Orientador Maggio, Sandra Sirangelo
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Critica e interpretacao
Defoe, Daniel 1661?-1731.
Literatura inglesa
Romance
Transdisciplinaridade
[en] Castaway
[en] Complex thinking
[en] Imaginary
[en] Island
[en] Transdisciplinarity
Resumo Este estudo propõe uma leitura do século 21 de Robinson Crusoe, do escritor inglês Daniel Defoe, buscando identificar as razões que fazem a história do náufrago que vive numa ilha deserta por 28 anos permanecer excepcionalmente popular no mundo ocidental por três séculos. A leitura é um exercício prático do pensamento complexo, que constitui um dos três pilares da transdisciplinaridade, definido pelo pensador francês Edgar Morin. Esse enfoque consiste na identificação de padrões e inter-relações entre elementos internos do texto e externos a ele. O pensamento complexo conecta o conhecimento empírico/lógico/racional à sabedoria simbólica/mitológica/mágica. O estudo tem início com um retrospecto da carreira de Robinson Crusoe, considerando os textos fundadores que podem ter influenciado sua criação, e os inúmeros textos imitativos que se seguiram à sua publicação, originando um subgênero literário, das Robinsonadas. Uma síntese da biografia de Defoe ilustra o cenário de um mundo europeu de mudanças científicas, políticas e sociais radicais. O contexto e a fortuna crítica do autor são colocados lado a lado com a contribuição de estudos de filosofia da ciência, psicologia analítica, mitologia, antropologia e religião, na investigação do imaginário inscrito no romance. O capítulo quatro apresenta minha leitura transdisciplinar de Robinson Crusoe, destinada a demonstrar que a popularidade duradoura do romance é devida a seu poder de transmitir significados velados, conectados com elementos constitutivos do imaginário do mundo ocidental.
Abstract This study proposes a twenty-first-century reading of Robinson Crusoe, by British writer Daniel Defoe, aiming to identify the reasons why the story of the castaway who lives on an uninhabited island for 28 years has remained remarkably popular in the Western world for almost three centuries. The reading is a drill on Complex Thinking, as defined by French epistemologist Edgar Morin, one of the pillars of Transdisciplinarity. This approach consists of the identification of patterns and interrelationships among elements inside the text and elements external to it, in the light of a number of disciplines involved in the study. Complex Thinking connects empirical/logical/rational knowledge to symbolic/mythological/magical wisdom. The study starts with a review of the career of the book, considering the founding texts which might have influenced the creation of Robinson Crusoe, and the myriad of mimetic texts that followed its publication, giving birth to a literary subgenre, the Robinsonade. A glance at the life of Defoe is also offered, so as to illustrate the context of a European world of radical scientific, political and social changes. Contexts and the critical heritage of the work are put together with symbolic data that prove relevant for the research on the imaginary inscribed in the novel. Chapter three acknowledges the aid of a number of studies in the fields of philosophy of science, analytical psychology, mythology, anthropology and religion, which enabled me to interrelate diverse levels of reading. Chapter four offers my transdisciplinary reading of Robinson Crusoe, in which I endeavor to demonstrate that the continued popularity of the novel derives from its capacity to convey concealed meanings connected with elements constitutive of the Imaginary of the Western world.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7922
Arquivos Descrição Formato
000560814.pdf (1.354Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.