Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do efeito da radiação X no crescimento mandibular de camundongos

.

Avaliação do efeito da radiação X no crescimento mandibular de camundongos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do efeito da radiação X no crescimento mandibular de camundongos
Autor Dalla Bona, Reni Raymundo
Orientador Padilha, Dalva Maria Pereira
Data 2005
Nível Doutorado
Instituição Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Instituto de Geriatria e Gerontologia. Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica.
Assunto Gerontologia
Maxilares : Crescimento e desenvolvimento
Radiacao : Protecao
[en] Aging
[en] Mandibular growth
[en] X radiation
Resumo Cada vez mais, estudos ressaltam os efeitos nocivos da radiação advinda de exames radiográficos, chamando atenção para o risco que podem representar à saúde dos indivíduos. Tendo em vista as inúmeras alterações celulares derivadas das exposições aos raios X, foi objetivo deste trabalho avaliar a ação de 12 R de radiação X, aplicados semanalmente em camundongos, desde uma idade precoce até a vida adulta, analisando a sua ação nas células a partir do desenvolvimento mandibular. Para tanto, foi realizado um estudo experimental utilizando 90 camundongos machos com 6 semanas de vida, tendo um grupo-controle (G1 – 40 animais), um grupo que foi exposto à radiação semanalmente durante 30 semanas (G2 – 40 animais) e um grupo de 10 animais, (G0) que foi utilizado para o estabelecimento das medidas mandibulares iniciais de controle. Ao término do experimento, os animais foram anestesiados e mortos por decapitação sendo suas mandíbulas removidas para serem dissecadas. Posteriormente, estas foram fotografadas com máquina digital utilizando parâmetros específicos e, através do software Image Tool, foram realizadas seis medidas mandibulares. A análise de variância múltipla considerando as seis medidas como variáveis dependentes mostrou diferença estatística significativa para todas as medidas. Através dos resultados obtidos, pôde-se detectar a interferência da radiação X em doses baixas e periódicas como agente externo, causando diminuição do crescimento ósseo em mandíbulas de camundongos durante o envelhecimento. Assim, é possível concluir que existe associação entre exposição crônica à radiação X e redução no crescimento mandibular de camundongos (p<0,05).
Abstract Studies have increasingly stressed the negative effects of radiation from X-ray examinations, and have drawn attention to the risk it may represent to patient health. Several cell changes occur due to exposure to X-rays. The purpose of this study was to evaluate the effect of low-dose X –ray exposure on cells from an early age to adulthood by analyzing mandibular development. An experimental study was conducted with 90 six-week-old male mice divided into a control group (G1 – 40 animals), a group exposed to radiation weekly for 30 weeks (G2 – 40 animals) and a group of 10 animals (G0) used to define initial control mandibular measures. After the experiment, the animals were anesthetized and beheaded, and their mandibles were removed for dissection. The mandibles were then photographed digitally using specific parameters. The Image Tool software was used to obtain six mandibular measures. Multiple analysis of variance using the six measures as dependent variables showed a statistically significant difference in all measures. Results showed that there is an association between chronic X-ray exposure and reduction in mandibular growth in mice (p<0.05).
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/7934
Arquivos Descrição Formato
000561097.pdf (8.701Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.