Repositório Digital

A- A A+

Desregulamentação financeira e a crise do subprime : falhas de mercado e o custo socioeconômico

.

Desregulamentação financeira e a crise do subprime : falhas de mercado e o custo socioeconômico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desregulamentação financeira e a crise do subprime : falhas de mercado e o custo socioeconômico
Autor Taffarel Filho, Miguel Angelo
Orientador Milan, Marcelo
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Deregulation
[en] Financial system
[en] Market failure
[en] Systemic risk
[en] Welfare loss
Resumo Este trabalho procura entender como a ideia de ‘mercados autorregulados’ justifica a operação de um sistema financeiro desregulamentado e quais as repercussões que esta desregulamentação pode trazer para o bem-estar social. Por meio da identificação dos principais tipos de falhas de mercado, como problemas relacionados às externalidades negativas, bens públicos, mercados em concorrência imperfeita e informações assimétricas, elabora-se uma perspectiva de como o sistema financeiro pode produzir distorções e crises sistêmicas. A análise é feita tendo por base a crise do subprime de 2007-2008, enfatizando os impactos das falhas de mercado sobre a conjuntura macroeconômica do país epicentro da crise, os EUA, e também outros períodos. Uma cronologia reconstrói as etapas que levaram à crise do mercado de hipotecas do tipo subprime e os efeitos imediatos sobre o bem-estar em termos de maior endividamento público e menor renda e emprego. O trabalho também contempla as políticas empregadas para corrigir estas falhas, através das regulações setoriais e o papel do Estado como instituição ativa, capaz de prover estabilidade financeira.
Abstract The present study seeks to understand how the concept of self-regulated markets gives support to the implementation of a deregulated financial system and what are the consequences for social welfare. By identifying the kinds of market failures, such as issues related to negative externalities, public goods, imperfect competition and asymmetric information, it is shown how the financial system may cause distortions and systemic crises. Considering the subprime crisis of 2007-2008, the work emphasizes the impacts of market failures on the macroeconomic conjuncture of the country at the center of the crisis, the USA, discussing also other periods. A chronology rebuilds the steps that have led the USA to the subprime mortgage crisis and its immediate effects on welfare as measured by higher public debt, and loss of income, and employment. The research also highlights the policies employed to correct these failures, mainly through sectorial regulations and the role of the State as an active institution, capable of promoting financial stability.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/79389
Arquivos Descrição Formato
000901071.pdf (482.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.