Repositório Digital

A- A A+

Prevalência sorológica e de isolamento de Salmonella enterica em suínos abatidos no sul do Brasil.

.

Prevalência sorológica e de isolamento de Salmonella enterica em suínos abatidos no sul do Brasil.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência sorológica e de isolamento de Salmonella enterica em suínos abatidos no sul do Brasil.
Autor Schwarz, Patrícia
Orientador Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Co-orientador Barcellos, David Emilio Santos Neves de
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Doença dos suínos : Fisiopatologia
Epidemiologia veterinaria
Infecção
Salmonella enterica
Suínos
[en] Prevalence at slaughter
[en] Salmonella
[en] Source infection
[en] Swine
Resumo Tendo em vista o crescimento da suinocultura brasileira e a decorrente demanda por qualidade e inocuidade dos alimentos pelo mercado, a preocupação com o controle de Salmonella sp. é uma exigência inerente ao contexto da cadeia de produção deste setor. Portanto, alternativas de controle dependentes do momento e da origem da infecção têm sido avaliadas e propostas por diversos grupos de pesquisa. O presente estudo teve por objetivo monitorar a prevalência sorológica e de isolamento de Salmonella sp. em suínos ao abate e correlacionar os dados obtidos para determinar o momento provável de infecção dos animais. Além disso, foram comparadas as prevalências bacteriológicas em Empresas nas mesmas regiões amostradas anteriormente, no ano 2000, acrescentando-se a utilização da sorologia como ferramenta de pesquisa. Foram avaliados 40 rebanhos de três diferentes Empresas do sul do Brasil, no momento do abate, onde foi realizada a coleta de sangue, linfonodos mesentéricos de 20 animais de cada lote e informações relacionadas à ordem de abate, linhagens genéticas e tamanho dos rebanhos amostrados. O isolamento bacteriológico dos linfonodos mesentéricos foi realizado conforme protocolo do Setor de Medicina Veterinária Preventiva da FAVET- UFRGS e a sorologia com utilização do teste de ELISA – LPS. A comparação dos resultados dessas avaliações demonstram que as granjas produtoras de suínos foram a origem mais importante da infecção para a contaminação detectada ao abate nestes sistemas de produção, sendo que a média dos resultados de prevalência, nas três Empresas, foi de 71,65% no isolamento bacteriológico e de 77,85% na avaliação sorológica. Na comparação temporal com os resultados de bacteriologia realizados no ano 2000, foi observado um acréscimo na prevalência encontrada (de 55,6% em 2000 para 71,65% em 2005). O tempo de espera no ambiente pré-abate não foi relacionado à maior infecção de animais por Salmonella e a variável identificada como tamanho de lote apresentou significância estatística em apenas uma Empresa avaliada. A partir dos resultados descritos, são sugeridas medidas de controle da infecção por Salmonella sp. voltadas para as granjas de produção animal.
Abstract Considering the growth of Brazilian pig production and the concurrent market demands for feedstuff quality and innocuousness, the concern with Salmonella control is a demand directly linked to the food chain of this sector of production. Because of this, control alternatives dependent on the time and origin of infection have been assessed and proposed by several research groups. The present study intended to monitor serological prevalence and Salmonella isolation in slaughter pigs and correlate the obtained data to assess the possible timing of infection. Besides this, bacteriological prevalence was compared with a previous study carried out in the year 2000 in pig operations located in the same geographical region of the present study, adding serology as a research tool. Forty herds of three different pig enterprises in the southern region of Brazil were sampled at slaughter, when blood and mesenteric lymph nodes were collected from 20 pigs from each group. Information related to slaughter order, genetic background and size of the lots were also collected. Bacteriological isolation from mesenteric lymph nodes was carried out according to the protocol used at the Sector of Preventive Medicine of the Veterinary Faculty of Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brazil and serology using ELISA- LPS. Comparison of results showed that the farms of origin of the pigs were the most important source for the infection detected at slaughter in the production systems analyzed. Average prevalence results in the three companies were respectively 71,65% and 77,85% regarding bacteriological isolation and serology. In a temporal comparison with bacteriological results obtained in the year 2000, it was observed an increase in prevalence from 55,6% in 2000 to 71,65% in 2005. Pre-harvest time in the abattoir environment was not related to an increased infection of the animals with Salmonella and the variable identified as group size showed a statistically significant relationship in only one out of the three pig enterprises. Based on the results of the present work, measures to control Salmonella infection directed to the farms of origin of the animals are suggested.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7939
Arquivos Descrição Formato
000561340.pdf (171.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.