Repositório Digital

A- A A+

Terminologia e tradução na localização de software : insumos para o processamento da linguagem natural

.

Terminologia e tradução na localização de software : insumos para o processamento da linguagem natural

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Terminologia e tradução na localização de software : insumos para o processamento da linguagem natural
Autor Silveira, Fausto Magalhães da
Orientador Bevilacqua, Cleci Regina
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Estudos de tradução
Fraseologia
Linguagem especializada
Linguagem natural
Língua inglesa
Língua portuguesa
Software
Terminologia
Tradução
Variação lingüística
[en] Localization
[en] Natural language processing
[en] Phraseology of special language
[en] Specialized translation
[en] Terminology
[en] Translation errors
[en] Translation techniques
[en] Variation of special language
Resumo Este trabalho centra-se no processo de QA (na sigla em inglês para quality assurance – ou garantia da qualidade em português) que é feito no setor da localização, visando a melhorar o trabalho do tradutor. Localização consiste em um processo e um campo de atuação profissio-nal que visam a adaptar produtos (geralmente de software) segundo o idioma e as convenções culturais de determinada localidade com o objetivo facilitar a entrada de um produto ou servi-ço em um país ou mercado. Com relação ao QA, uma de suas etapas consiste na validação da terminologia de um projeto de tradução. O QA terminológico envolve o uso de um software que verifica se a terminologia aplicável é usada na tradução. As ocorrências que o software considera incorretas são salvas em uma lista de validação terminológica, que é conferida nor-malmente por um tradutor ou editor. Itens que o tradutor considerar incorretos são corrigidos na tradução; os demais são descartados. Por ignorar aspectos linguísticos, o software gera muito ruído, ou falsos positivos, resultando em listas extensas, que não compensam o tempo dedicado a sua revisão. A fim de prover insumos para solucionar o problema, este trabalho emprega uma abordagem comunicativa, cognitiva e funcional à terminologia e à tradução para analisar uma lista de validação terminológica, em um projeto de localização real, no par de idiomas inglês dos Estados Unidos e português do Brasil. Para tal fim, foi gerada uma lista de validação por meio de um software de QA usado na área da localização. Ocorrências dessa lista foram analisadas e classificadas segundo critérios de base fraseológica, variacional e tra-dutória, além de morfológica e discursiva. O objetivo é oferecer subsídios que norteiem o desenvolvimento de aplicações computacionais linguisticamente motivadas que reduzam a incidência de ruído nestas listas. Os resultados mostram que a maior parte do ruído decorre de fatores linguísticos gerais, como morfológicos e discursivos, indicando também que 1/3 des-tes coocorrem com fenômenos fraseológicos, variacionais e tradutórios.
Abstract This paper focuses on the process of Quality Assurance (QA) that is undertaken by the Local-ization industry, aiming at improving the work of translators. Location consists of a process and a professional field whose purpose is to adapt goods or services (usually software-related) according to the language and cultural conventions of a particular locale in order to facilitate market penetration in a given country or market. One of the QA stages consists of validating the terminology on a translation project. The QA for terminology makes use of software to check if the applicable terminology is used in translation. Occurrences that the software iden-tifies as incorrect are saved in a list for terminology validation. The list is usually reviewed by a translator or an editor. The items considered incorrect by the translator are corrected in the translation, and the remaining entries are discarded. Because the software does not take lan-guage aspects into account, a good deal of noise is generated, resulting in large lists that are not cost-effective or time-efficient to review. With the purpose of providing input to solve the problem, this work employs a communicative, cognitive and functional approach to terminol-ogy and translation for the analysis of a terminology validation list in U.S. English and Brazil-ian Portuguese, on a genuine localization project. To complete this task, a list for validation was generated via a well-known QA software product used in the Localization field. Occur-rences from the generated list were analyzed and categorized according to phraseological, variational and translational criteria in addition to morphological and discursive criteria. The objective is providing input to drive the development of linguistically motivated computer applications that may reduce the incidence of noise on the lists. Results show that most of the noise is due to general linguistic factors, such as morphological and discourse aspects, also suggesting that 1/3 of that noise occurs simultaneously with phraseological, variational and translational phenomena.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/79460
Arquivos Descrição Formato
000898844.pdf (4.543Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.