Repositório Digital

A- A A+

Herança da resistência quantitativa à ferrugem da folha em linhagens recombinantes de aveia branca

.

Herança da resistência quantitativa à ferrugem da folha em linhagens recombinantes de aveia branca

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Herança da resistência quantitativa à ferrugem da folha em linhagens recombinantes de aveia branca
Outro título Inheritance of quantitative resistance to crown rust in recombinant lines of white oat
Autor Wesp, Caroline de Lima
Martinelli, Jose Antonio
Chaves, Marcia Soares
Graichen, Felipe André Sganzerla
Federizzi, Luiz Carlos
Resumo A resistência quantitativa àferrugem da aveia está sendo preconizada em programas de melhoramento genético na busca de uma resistência mais durável, pois exerce menos pressão de seleção para virulência sobre a população patogênica do que a resistência qualitativa. esse tipo de resistência é resultado da combinação de componentes como: longo período latente, curto período infeccuoso, baixa eficiência de infecção e pústulas de comprimento reduzido. Neste patossistema, entretanto, não se sabe ao certo papel individual de cada um desses componetes sobre o desenvolvimento da doença, bem como, o número de genes que determinam sua expressão. Assim, este trabalho visou caracterizar aspectos da herença da resistência à ferrugem da folha em 83 linhagens recombinadas F 6:10 de aveia branca, oriundos do cruzamento de UFRGS 7 (suscetível) em UFRGS 910906 (com resistência quantitativa). Os resultados indicam que esta resistência é de natureza poligênica e parece ser governada por vários genes de pequeno efeito, sendo que sua expressão fenotípica é resultadp da ação conjunta de mais de um componente.
Abstract Quantitative resistence to oat crown is being praised is breeding programs in search of more durable resistence because it exerts less selection pressure for virulence on the pathogenic population than does qualitative resistence. This type of resistance results from the combination of components such as: long latency period, shor period of infection efficiency and postules of reduced length. However, in this pathosystem the individual role of each component in disease development is not known and nor are the number of genes that control these traits. this work aimed to characterize some aspects of the inheritance of quantitative resistance to crown rust in 83F 6:10 white oat recombinant lines from the UFRGS 7 (susceptible) x UFRGS 910906 (quantitative resistance) cross. The results indicate that this resistance is of a polygenic nature; it seems to be governed by several genes os small effect, and its expression results from the combined effect of more than one component.
Contido em Tropical Plant Pathology, Brasília. Vol. 33, n. 2 (mar./abr. 2008), p. 138-147
Assunto Aveia branca
Ferrugem : Doença de planta
[en] Avena sativa
[en] Components of resistance
[en] Minor genes
[en] Puccinia coronata f. sp. avenae
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/79505
Arquivos Descrição Formato
000644931.pdf (230.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.