Repositório Digital

A- A A+

Modelagem de equações estruturais aplicada à reação a splits : integrando as hipóteses de liquidez, sinalização e nível ótimo de preços

.

Modelagem de equações estruturais aplicada à reação a splits : integrando as hipóteses de liquidez, sinalização e nível ótimo de preços

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Modelagem de equações estruturais aplicada à reação a splits : integrando as hipóteses de liquidez, sinalização e nível ótimo de preços
Autor Vieira, Kelmara Mendes
Orientador Becker, Joao Luiz
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Equações estruturais
Estatística
Mercado de capitais
[en] Liquidity
[en] Optimal price level
[en] Signaling
[en] Splits
[en] Structural equations
Resumo Dentre as decisões adotadas pelos gestores quanto à política acionária em suas empresas, está a realização splits. Como a sua realização não altera a posição relativa dos investidores e não interfere nas políticas de investimento, de financiamento e de distribuição de resultados, espera-se, a luz da teoria financeira, que os splits sejam apenas eventos cosméticos. Entretanto, grande parte das pesquisas empíricas desenvolvidas ao longo dos últimos anos demonstra que o mercado reage positivamente ao splits. As possíveis explicações para este comportamento são ainda inconclusivas. Dentre as diversas hipóteses levantadas pela literatura três se destacam: sinalização, liquidez e nível ótimo de preços. Este trabalho tem como objetivo principal o desenvolvimento de um modelo capaz de considerar, simultaneamente, o papel destas hipóteses na explicação da reação dos investidores aos splits. Para avaliar a influência de cada uma das hipóteses e das suas inter-relações utiliza-se um modelo híbrido de equações estruturais. No modelo de mensuração, foram definidos quatro construtos: negociação, spread, tamanho e preço. O modelo estrutural define as relações existentes a partir da proposição de 22 hipóteses. Para a avaliação do modelo utilizou-se uma amostra de 321 splits realizados no mercado brasileiro entre 1990 e 2004. Os resultados da análise fatorial confirmatória apontaram para a validade e coerência dos quatro construtos, validando o modelo de mensuração. Após a eliminação das hipóteses não significativas e da inserção de algumas correlações entre os erros das variáveis, o modelo estrutural confirmou 12 das hipóteses levantadas originalmente e apresentou índices de ajuste adequados. De maneira geral, os resultados apontam para a pequena influência da assimetria informacional, dentre eles, o fato do tipo de split (bonificações ou desdobramentos) e do split fator não influenciarem a reação e a não significância das hipóteses que envolvem a maioria das variáveis relacionadas à assimetria. Quanto à decisão de realizar os splits, observou-se que o gestor leva em consideração principalmente a volatilidade e o preço para a escolha do split fator.
Abstract Among the decisions that managers make concerning stock policies in their companies, one can find the splits. As splits do not effect changes in the relative position of investors nor influences the policies for investment, financing and distribution of results, it is expected that, according to financial theory, splits play a cosmetic role and nothing else. Nonetheless, a great deal of current empirical research shows that the market reacts positively to splits. Possible explanations for such a behavior are yet inconclusive. Among the several hypotheses that were raised so far in the literature, three can be given special attention: signaling, liquidity, and optimal price level. The preset work develops a model able to take simultaneously the role of these hypotheses to explain the reaction of investors to the splits. In order to assess the influence of each hypothesis and interrelationships, a hybrid model of structural equations is deployed. Four constructs were defined in the measurement model: trading activity, spread, size, and price. The structural model defines extant relations from the proposition of 22 hypotheses. A sample of 321 splits performed in the Brazilian market between 1990 and 2004 was used for assessing the model. Confirmatory factor analysis revealed the validity and coherence of the four constructs, thus enabling one to claimabout the validity of the measurement model. After eliminating non-significant hypotheses and adding some correlations for the errors in variables, the structural model confirmed 12 original hypotheses and exhibited adequate fit indexes. Broadly, findings suggest that there is little influence from the informational asymmetry, among which the facts that the type of split (stock dividends or stock splits) and the split factor do not influence the reaction and the non-significance of the hypotheses that comprise most variables related to asymmetry. In what comes to deciding to do splits, it was clear that the manager mainly takes into account the volatility and the price for choosing the split factor.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/7958
Arquivos Descrição Formato
000562432.pdf (644.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.