Repositório Digital

A- A A+

Comparação das características da curva de força gerada pelo palmateio propulsivo na posição de frente direção cabeça, estando o indivíduo preso a diferentes materiais : tubo elástico e cabo de aço

.

Comparação das características da curva de força gerada pelo palmateio propulsivo na posição de frente direção cabeça, estando o indivíduo preso a diferentes materiais : tubo elástico e cabo de aço

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação das características da curva de força gerada pelo palmateio propulsivo na posição de frente direção cabeça, estando o indivíduo preso a diferentes materiais : tubo elástico e cabo de aço
Autor Souza, Catiane
Orientador Loss, Jefferson Fagundes
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Natação
Resumo Em esportes aquáticos, uma forma de avaliar a força propulsiva gerada para deslocar-se é por meio do nado amarrado ou por meio do nado semiamarrado. Estes consistem, respectivamente, em o indivíduo executar a técnica amarrado a um cabo de aço ou a um tubo elástico, o qual pode estar preso a uma célula de carga fixada na borda da piscina. Na literatura, observa-se que a maioria utiliza cabo de aço e, comparando os resultados dos estudos que utilizaram tais materiais, são encontradas discrepâncias. A partir disso, o objetivo do presente trabalho foi comparar as características da curva de força gerada pelo palmateio propulsivo na posição de frente direção cabeça, estando o indivíduo preso a diferentes materiais: tubo elástico e cabo de aço. Para isso, a amostra foi composta por 10 indivíduos. Cada um realizou os testes de nado amarrado (preso com cabo rígido) e nado semiamarrado (preso com tubo elástico), de forma aleatória, por 30 segundos na máxima intensidade possível, realizando palmateio propulsivo direção cabeça. Foi usada uma célula de carga para medir a força aplicada em cada teste. A partir das curvas de força em relação ao tempo, foram obtidas as seguintes variáveis: forças máxima, máxima relativa, média, média inicial e média final, o índice de fadiga e o impulso. Todas as variáveis, exceto a força média, apresentaram diferenças significativas. Os resultados indicaram que a característica da curva de força tende a ser diferente dependendo do material utilizado para prender o sujeito, o que afeta a comparação entre estudos que usaram diferentes protocolos (nado amarrado ou semiamarrado).
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/79621
Arquivos Descrição Formato
000902578.pdf (915.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.