Repositório Digital

A- A A+

Avaliação higiênico-sanitária de unidades alimentação e nutrição e análise genotípica dos Staphylococcus sp.

.

Avaliação higiênico-sanitária de unidades alimentação e nutrição e análise genotípica dos Staphylococcus sp.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação higiênico-sanitária de unidades alimentação e nutrição e análise genotípica dos Staphylococcus sp.
Outro título Assessment of the hygienic and sanitary conditions in Food and nutrition units, and genotypic analysis of Staphylococcus sp
Autor Mello, Jozi Fagundes de
Orientador Costa, Marisa da
Co-orientador Frazzon, Jeverson
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Condições higiênico-sanitárias
Enterotoxina
Higiene dos alimentos
Serviços de alimentação
Staphylococcus
Unidade de alimentação e nutrição
Resumo Nas últimas décadas ocorreu um aumento na atuação de estabelecimentos que produzem refeições para trabalhadores, como as Unidades de Alimentação e Nutrição (UANs). No Brasil, este segmento de mercado é reconhecido como um local de grande ocorrência de surtos alimentares, sendo o micro-organismo Staphylococcus aureus o segundo maior agente causal. O objetivo deste estudo foi avaliar as condições higiênico-sanitárias e a presença de Staphylococcus sp. em UANs de grande porte e atuantes na cidade de Porto Alegre. Participaram desta pesquisa 7 UANs de grande porte (> 500 refeições/dia). A aplicação da Lista de Verificação das Boas Práticas constatou que todas as UANs tiveram atendimento insatisfatório a este quesito. Foi realizada análise para potabilidade da água, contagem e isolamento de coliformes termotolerantes, Escherichia coli, Listeria sp. e Staphylococcus sp. em equipamentos, ambientes e alimentos produzidos pelas UANs. Manipuladores de alimentos também foram analisados para presença de Staphylococcus sp. nas mãos e na cavidade nasal. A água se mostrou adequada para produção de alimento em todas as UANs. A qualidade higiênico-sanitária foi inadequada na maioria dos pontos analisados, sendo constatada a presença de E. coli no processador de legumes apenas de uma UANs. Nas sete UANs foi observado ausência de Listeria sp. Todos os alimentos, equipamentos e ambiente de manipulação foram ausentes para Estafilococos coagulase-positiva. Foram isolados 121 cepas de 26 diferentes espécies de Staphylococcus sp. Dentre os 21 manipuladores analisados, observou-se a presença de 16 diferentes espécies de Staphylococcus sp. onde predominou Staphylococcus epidermidis. O gene da enterotoxina B foi o mais prevalente, sendo encontrado em 70,8% dos Estafilococos coagulase-negativo. Foram encontrados doze genótipos para a presença de genes das enterotoxinas clássicas, sendo que oito genótipos apresentaram combinação de mais de um gene. Estes resultados mostram que os padrões de higiene são inadequados e que Staphylococcus sp. portadores de genes que codificam enterotoxinas clássicas estão disseminados nas UANs estudadas. Assim, é clara a necessidade de implementação de Boas Práticas para o controle da disseminação de patógenos, produção de alimento seguro e promoção da saúde da população atendida pelas UANs.
Abstract In recent decades, there has been an increase of establishments that provide meals for workers, such as the Nutrition and Food Units (NFU). In Brazil, this market segment is recognized as a place of food outbreaks, and the micro-organism Staphylococcus aureus is the second largest causative agent. The objective of this research is to evaluate the hygienic and sanitary conditions and the presence of Staphylococcus sp. in NFU that act in the city of Porto Alegre. Seven large foodservices participated in this research (> 500 meals / day). The application of Good Practice Checklist found that all food services had a poor attendance on this item. Analysis was performed for drinking water, counts and isolation of thermotolerant coliform, Escherichia coli, Listeria monocytogenes and Staphylococcus sp. in equipments, environments and foods produced by foodservices. Food handlers were also analyzed for presence of Staphylococcus sp. on the hands and nasal cavity. The water proved to be suitable for food production in all food services. The sanitary quality was inadequate in most of the points analyzed. The presence of E. coli in the vegetables processor was confirmed in only one foodservice. In seven foodservices was observed the absence of Listeria sp. All food, equipment and environment of manipulation were found clear of coagulase-positive staphylococci. 121 strains of Staphylococcus sp. of 26 different species were isolated. It was observed the presence of 16 different species of Staphylococcus sp. between 21 handlers analysed, being the microorganism Staphylococcus epidermidis the predominated specie. The enterotoxin B gene was the most prevalent, being found in 70.8% of coagulase-negative staphylococci. Twelve genotypes were found for presence of gene encoding classical enterotoxins and eight genotypes with combination of more than one gene. These results show that hygiene standards are inadequate and Staphylococcus sp. that carry genes encoding classical enterotoxins are dispersed in the NFU studied. Thus, there is a clear need to implement Good Practice for controlling the spread of pathogens, production of safe food and promote the health of the population served by the NFU.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/79624
Arquivos Descrição Formato
000902206.pdf (1.681Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.