Repositório Digital

A- A A+

Solo reforçado com cal e fibras de polipropileno : comportamento quando submetido à compressão triaxial

.

Solo reforçado com cal e fibras de polipropileno : comportamento quando submetido à compressão triaxial

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Solo reforçado com cal e fibras de polipropileno : comportamento quando submetido à compressão triaxial
Autor Sachetti, Álisson Silveira
Orientador Consoli, Nilo Cesar
Co-orientador Festugato, Lucas
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo É extremamente comum que o solo de uma determinada região não tenha os parâmetros geotécnicos favoráveis a implementação de projetos de pavimentação e fundações em geral. Visto que, com o passar do tempo o homem ocupou praticamente todos os locais onde as características do solo são favoráveis à construção civil, principalmente nos grandes centros urbanos, restando os locais que desafiam os projetistas a fazerem obras de baixo custo e qualidade técnica. Desse modo, a técnica de melhoramento de solos se torna uma ferramenta eficaz para se atingir as resistências necessárias para execução de obras geotécnicas. Assim, este trabalho visa obter maiores informações sobre o comportamento mecânico de solos melhorados através de ensaios de resistência à compressão simples, diametral e triaxial e, a partir destes resultados aplicar o Critério de Ruptura de Griffith. Para tal, utilizou-se as misturas caulim-cal e caulim-cal-fibras de polipropileno. Foram moldados corpos de prova cilíndricos com dosagens específicas para realização dos ensaios, com a finalidade de se comparar o comportamento obtido das misturas reforçadas com fibras e não reforçadas. A partir dos resultados de compressão diametral aplicou-se a Teoria de Ruptura de Griffith e traçou-se a envoltória de ruptura que se ajustou perfeitamente bem aos resultados obtidos, tanto para as misturas solo-cal, como para as misturas solo-cal-fibras de polipropileno e, com os resultados de compressão triaxial traçou-se os círculos de Mohr, com diferentes tensões de confinamento efetivas, que comprovaram a eficácia desta teoria. Portanto, a Teoria de Ruptura de Griffith é aplicável para as misturas estudadas e o comportamento tensão-deformação obtido nos ensaios triaxias evidenciou que a cal e as fibras de polipropileno melhoraram o comportamento do solo tornando-o mais frágil ou dúctil.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/79748
Arquivos Descrição Formato
000896616.pdf (1.830Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.