Repositório Digital

A- A A+

Reaproveitamento de águas pluviais : custo de implantação deste sistema no Presídio Central de Porto Alegre

.

Reaproveitamento de águas pluviais : custo de implantação deste sistema no Presídio Central de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reaproveitamento de águas pluviais : custo de implantação deste sistema no Presídio Central de Porto Alegre
Autor Rosa, Tobias Marangon
Orientador Bravo, Juan Martín
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Com a crescente preocupação com escassez dos recursos hídricos, os sistemas sustentáveis vêm sendo estudados e aprimorados. O intuito, por parte do Presídio Central de Porto Alegre, de economizar grande quantidade de água potável, que é utilizada na limpeza, motivou a realização do trabalho. Neste trabalho foi realizado um levantamento de custos e o projeto de um sistema de reaproveitamento de águas pluviais no Presídio Central de Porto Alegre, prevendo abastecer a demanda de água para limpeza de dois prédios deste complexo. -. O local é propício à instalação do sistema, por se tratar de uma edificação prioritariamente horizontal com grande área de telhados, variável fundamental no dimensionamento do volume de reservação. Para o levantamento de custo deste sistema de reaproveitamento foi realizado um projeto prevendo o abastecimento da demanda de água de limpeza de apenas dois prédios do Presídio. Na revisão bibliográfica são descritos os principais componentes do sistema e as variáveis de dimensionamento do projeto, o que traz o embasamento teórico para realização desse trabalho. A série de precipitação de Porto Alegre utilizada no dimensionamento é diária e possui 53 anos de extensão. O dimensionamento foi realizado com um método de simulação disposto pela NBR 15.527/2007 – Água de Chuva – Aproveitamento de Coberturas em Áreas Urbanas para Fins Não Potáveis – Requisitos. Após uma avaliação técnica do traçado do projeto foram dimensionadas as calhas e condutores horizontais. Para os mesmos foi proposto um sistema utilizando o sistema atual de esgoto pluvial, dimensionando os condutores com uma chuva de 40 mm/hora, apenas a necessária para o funcionamento do sistema sem perda de eficiência o que resultou em uma significativa diminuição do diâmetro das tubulações. Com um levantamento da quantidade de matérias e o custo dos mesmos foi possível obter o custo total do sistema que ficou em R$ 25.172,26 reais. Foi possível constatar que os custos de reservação englobam 43% por cento dos custos do sistema, sendo o custo dos reservatórios de R$ 10.715,13.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/79787
Arquivos Descrição Formato
000897529.pdf (1.742Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.