Repositório Digital

A- A A+

Análise de quase-acidentes como medida pró-ativa na gestão de segurança da construção civil : estudo em empresas de Porto Alegre/RS

.

Análise de quase-acidentes como medida pró-ativa na gestão de segurança da construção civil : estudo em empresas de Porto Alegre/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise de quase-acidentes como medida pró-ativa na gestão de segurança da construção civil : estudo em empresas de Porto Alegre/RS
Autor Etges, Bernardo Martim Beck da Silva
Orientador Formoso, Carlos Torres
Co-orientador Cambraia, Fabrício Borges
Data 2009
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Diversos estudos na gestão de segurança do trabalho defendem o uso de quase-acidentes como meio eficaz e pró-ativo na prevenção de acidentes. Sua utilização nos sistemas de gestão de saúde e segurança do trabalho da construção civil, contudo, encontra-se pouco difundida o que por conseqüência reflete na falta de conhecimento destes eventos nos canteiros de obra. No objetivo de verificar a utilidade das informações contidas nos relatos de quase-acidentes, levantados por empresas do setor, e contribuir para a melhoria da utilização de dados sobre estes eventos, foram analisadas três empresas construtoras de Porto Alegre. Estas empresas foram selecionadas por já possuírem alguma prática de relato e controle de quase-acidentes, além de apresentar certificação internacional de qualidade e redução de perdas. O trabalho buscou resultados de estudos de análise de acidentes e quase-acidentes para estabelecer uma comparação quanto a sua natureza. A fase de coleta de dados consistiu em vistas e observação destas empresas, com aplicação de entrevistas semi-estruturadas e participação em reuniões de segurança, no objetivo de melhor compreender o cenário de relato e coleta de quase-acidente de cada empresa. Os relatos de quase-acidentes foram, então, analisados sob oito critérios de classificação (natureza, agente causador, feedback ao sistema de gestão, priorização, rastreabilidade, profissão do trabalhador, dia da semana e horário da ocorrência) que permitiram compreender a natureza de sua ocorrência nestas empresas e compará-los a resultados na literatura. Por fim, foram avaliados aspectos positivos quanto as observações desenvolvidas nas empresas em relação às informações obtidas nos relatos, bem como foram sugeridas possíveis melhorias a serem aplicadas na gestão de quase-acidentes da construção civil.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/79816
Arquivos Descrição Formato
000900067.pdf (515.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.