Repositório Digital

A- A A+

Relações entre os tipos e indicadores de acidez do solo em lavouras no sistema plantio direto na região do Planalto do Rio Grande do Sul

.

Relações entre os tipos e indicadores de acidez do solo em lavouras no sistema plantio direto na região do Planalto do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações entre os tipos e indicadores de acidez do solo em lavouras no sistema plantio direto na região do Planalto do Rio Grande do Sul
Outro título Relationships among acidity types and indicators in soils under no-tillage system in the Rio Grande do Sul Planalto region
Autor Nicolodi, Margarete
Anghinoni, Ibanor
Gianello, Clesio
Resumo A recente mudança no sistema de cultivo do solo ocorrida no Brasil, passando do preparo convencional (PC) para o sistema plantio direto (SPD), altera o funcionamento do solo. No solo cultivado no SPD, as relações se estabelecem no tempo e são preservadas aumentando a complexidade do funcionamento do sistema, enquanto no PC estas relações são freqüentemente destruídas. Assim, devido à formação de gradientes de acidez, de matéria orgânica e de nutrientes a partir da superfície do solo é possível que se altere a magnitude das relações entre os tipos e os indicadores de acidez e que a camada de 0–20 cm de profundidade não seja a mais adequada para representar o estado de fertilidade de solo no SPD. Por essa razão, este trabalho foi conduzido com o objetivo de estudar as relações entre os tipos de acidez e os seus principais indicadores em duas camadas de solo em lavouras no SPD consolidado na região do Planalto Riograndense. Foram selecionadas seis lavouras, coletando-se, em cada uma, amostras de solo em 20 locais, nas camadas de 0–10 e 0–20 cm de profundidade, para a determinação dos tipos e dos indicadores de acidez. As relações entre os tipos e os indicadores de acidez do solo não se diferenciaram nas camadas avaliadas. Assim, para a região estudada e para o sistema de cultivo utilizado, qualquer das camadas (0–10 ou 0–20 cm) pode ser utilizada para fins de recomendação de calagem.
Abstract The recent shift in soil tillage from conventional to no-tillage systems in Brazil alters the soil system dynamics. In soils cultivated under the no-tillage system the relations are established and preserved over the course of time, which increases the functional complexity of the system, while under the conventional system often destroys these relationships. Some questions have risen about the reliability of sampling the so-called “arable soil layer” (0–20 cm) for soil acidity quantification in the no-tillage system due to the formation of acidity, organic matter and nutrient gradients in the top soil, besides modifications in the magnitude of the relationships between indicators and acidity types. To verify this type of relationships in no tillage systems, a study was conducted in six fields, in two layers (0–10 cm and 0–20 cm) of an Oxisol (Typic Hapludult) of the Planalto region in the state of Rio Grande do Sul. Representative soil samples were collected from 20 sites of each crop field and soil acidity was analyzed in the laboratory. The relationship between soil acidity types and indicators was not affected by the soil layer. For the no-tillage system in the region under study, both layers (0–10 cm or 0–20 cm) represent a reliable basis for lime recommendation.
Contido em Revista brasileira de ciencia do solo. Campinas. Vol. 32, n. 3 (maio/jun. 2008), p. 1217-1226
Assunto Acidez do solo
Fertilidade do solo
Plantio direto
Rio Grande do Sul
[en] Aluminum
[en] Aluminum saturation
[en] Base saturation
[en] Potential and active acidity
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/79911
Arquivos Descrição Formato
000693439.pdf (1.639Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.