Repositório Digital

A- A A+

Redes sociais de reciprocidade e de trabalho : as bases histórico-sociais do desenvolvimento na Serra Gaúcha

.

Redes sociais de reciprocidade e de trabalho : as bases histórico-sociais do desenvolvimento na Serra Gaúcha

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Redes sociais de reciprocidade e de trabalho : as bases histórico-sociais do desenvolvimento na Serra Gaúcha
Autor Radomsky, Guilherme Francisco Waterloo
Orientador Schneider, Sergio
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Agricultura familiar
Associação rural
Colonização italiana
Desenvolvimento rural
Rio Grande do Sul
Trabalho rural
Veranópolis (RS)
[en] Reciprocity
[en] Rural development
[en] Social networks
Resumo Esta dissertação aborda o tema da reciprocidade e das redes sociais. Tema debatido desde muito tempo nas Ciências Sociais, apenas recentemente pesquisadores passaram a repensar sua aplicação normativa nos estudos sobre o desenvolvimento. Utilizou-se a noção de rede social como um conjunto de relações concretas que vinculam indivíduos a outros. A reciprocidade é definida como um ato de retribuição livre de obrigação e sem expectativa imediata desta restituição. A pesquisa foi realizada no município de Veranópolis, localizado na Encosta Superior da Serra do Nordeste do Rio Grande do Sul, Brasil. O estudo focaliza cinco tipos de redes de reciprocidade e de trabalho, vinculadas: 1) ao mercado de trabalho na indústria de calçados/artigos esportivos, 2) às indústrias de microfusão, 3) aos fruteiros, 4) às vinícolas e 5) aos produtores ecológicos. O objetivo do trabalho consiste em estudar o surgimento e a formação destas redes de trabalho e produção e analisar suas especificidades. A hipótese principal é que as redes sociais de trabalho de Veranópolis têm raízes históricosociais ancoradas em relações de reciprocidade, proximidade e parentesco que caracterizavam a sociabilidade do modo de vida colonial. Em decorrência do processo de mercantilização social e econômica a que foi submetida a agricultura familiar da região, as relações de reciprocidade e interconhecimento que fundamentavam as redes sociais também foram alteradas e apresentam diferenças sensíveis segundo o tipo de atividade, características das relações de trabalho e formas de hierarquia e concorrência. Para compreender o objeto de estudo, a dissertação propõe uma combinação entre a teoria das trocas de Marcel Mauss, que fundamenta as noções de dádiva e reciprocidade, com o referencial analítico de redes sociais. Os procedimentos metodológicos utilizados no estudo de caso foram a análise de dados secundários quantitativos, aplicação de questionários padronizados (59), entrevistas semiestruturadas (20 informantes) e observação. As conclusões do trabalho apontam que a reciprocidade, a proximidade e o parentesco se constituíram em mecanismos sociais para a formação de redes de trabalho e de sociabilidade. As redes contribuem de forma relevante para dinamizar a economia rural e urbana do território e diversificar o mercado de trabalho, fazendo aparecer o fenômeno da pluriatividade na agricultura familiar. Portanto, as redes de reciprocidade e de trabalho estruturam as interações entre os atores sociais, constituindo-se num modo de regular os mercados, a concorrência econômica e os conflitos sociais locais
Abstract This dissertation is about reciprocity and social networks. Reciprocity and Social Networks are themes that have been debated for a long time in Social Sciences. Nevertheless, its normative uses have been recently rethinked by researchers in development studies. The notion of social network is understood as a set of relationships that link individuals to others. Reciprocity is defined as free retributions acts that don’t explicit returning, neither immediate expectative for restitution. The research was carried out in Veranópolis city, localized inside the Northern Sierra of Rio Grande do Sul, in Brazil. The study focuses on five types of reciprocity and labor networks, engaged to: 1) shoes and sporting goods industry labor market, 2) micro fusion industries, 3) fruit traders, 4) wine family farmers, and 5) ecological producers. The objective of this work consists in studying the emergence and formation of these labor networks, analyzing its corresponding particularities. The main hypothesis is the following: the social networks in Veranópolis are originated by reciprocity, closeness, and kinship relationships constructed historically and, that characterized the colonial livelihood. Because of the social and economic commoditization process that took place to the family farm, the reciprocity relationships and the inter-relatedness (that were the fundaments of the social networks) were also transformed. These relationships show sensitive differences according to the activity, the characteristics of labor relationships and the forms of hierarchy and competition. For understanding the object of study, this work proposes a combination between the Marcel Mauss’ social exchange theory, that fundaments the notion of gift and reciprocity, with the social networks analytical references. The case study research uses methodological procedures based on the analyses of secondary quantitative data, the application of standardized questionnaires (59), semi-standardized interviews (20 informants), and observation. The study concluded that reciprocity, closeness and kinship were constructed as social mechanisms for the emergence of labor and social networks. The networks contribute, in an important way, giving dynamism to the rural and urban economy of the territory, and diversifying the labor market. Also, the networks stimulate the appearance of pluriactivity in family farm. Hence, the labor and reciprocity networks structure interactions between social actors, regulating the markets, the economic competition and the local social conflicts.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/7993
Arquivos Descrição Formato
000564047.pdf (880.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.