Repositório Digital

A- A A+

O manejo da pastagem como gerador de ambientes pastoris adequados à produção de cordeiros

.

O manejo da pastagem como gerador de ambientes pastoris adequados à produção de cordeiros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O manejo da pastagem como gerador de ambientes pastoris adequados à produção de cordeiros
Outro título The grassland management to create suitable grazing environments for lamb production
Autor Barbosa, Cristina Maria Pacheco
Orientador Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Cordeiro
Pastagem : Manejo
Produção animal
Resumo O experimento foi conduzido em uma área de integração lavoura pecuária na EEA/UFRGS entre 2003 e 2004. Para a realização do trabalho foi utilizada uma pastagem de azevém anual (Lolium multiflorum Lam.), para terminação de cordeiros, tendo uma lavoura de soja em sucessão. O objetivo foi avaliar o efeito do manejo do pasto sobre os componentes do processo de pastejo, o consumo e o desempenho dos cordeiros durante o ciclo da pastagem, bem como avaliar a ressemeadura natural do azevém após o ciclo da lavoura. O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados em um fatorial com duas intensidades de pastejo, (moderada e baixa) e dois métodos de pastejo (lotação contínua e rotacionada), com quatro repetições. Os resultados demonstraram não haver interação entre os métodos e as intensidades de pastejo e seus efeitos foram analisados de forma independente. A intensidade de pastejo baixa proporcionou maior oferta de forragem, maior massa de forragem e maior altura. Não houve diferença para ofertas de forragem nos métodos, fornecendo as condições necessárias para a comparação de todas as variáveis. As características de qualidade foram afetadas positivamente pela intensidade de pastejo moderada. Em relação à métodos de pastejo, a altura e a massa de forragem foram maiores para os tratamentos de lotação rotacionada. Para as variáveis que compõem o processo do pastejo a intensidade de pastejo moderada foi responsável por menor duração média do intervalo entre refeições, menor tempo da estação alimentar, maior: tempo de pastejo, maior tempo para outras atividades e maior taxa de bocados. A taxa de bocado foi maior e o tempo de estação alimentar foi menor na lotação continua A qualidade da pastagem foi melhor nos potreiros de lotação contínua. Os resultados referentes ao perfil metabólico não indicam condições de estresse aos animais. Os métodos de pastejo influenciaram o desempenho (lotação contínua resultou em maiores ganho médio diário,) e não influenciaram o ganho de peso vivo por unidade de área. A intensidade de pastejo baixa promoveu um melhor ganho médio diário. A ressemeadura natural do azevém não foi influenciada por métodos de pastejo.e a intensidade de pastejo baixa foi responsável pela uma maior quantidade de perfilhos/m2. Conclui-se que a intensidade de pastejo é a variável chave na determinação da produtividade de sistemas de produção em pastejo.
Abstract The experiment was conduced in an animal crop rotation system at EEA/UFRGS between 2003 and 2004. For the finishing of lambs a ryegrass pasture was used, followed by a soybean crop. The aim of this study was to evaluate the pasture management effect on grazing behaviour, lamb nutrient intake and performance during the pasture cycle, as well as the ryegrass natural reseeding after soybean crop. The experimental areas were installed using a factorial randomized block design with two grazing intensities (moderate and low) and two grazing methods (continuous and rotational stocking) in four replicates (2 x 2 x 4). The moderate and low grazing intensities were represented, respectively, by forage allowance of 2.5- and 5-fold of the intake potential. There was no interaction between grazing methods and grazing intensities for all experiments, and its effects were analyzed separately. The moderate grazing intensity provided higher forage allowance, higher herbage mass and higher sward height. There was no difference in forage allowance between the methods, and the necessary conditions to compare all the variates measured were reached. The qualitative characteristics of pasture were positively affected by moderate grazing intensity. Comparing the grazing methods, rotational stocking showed the better results in regard to height and herbage mass. For the variables of grazing behaviour, moderate grazing intensity provides lower duration of inter meals intervals and time for feeding station, and higher grazing time, idling time and bite rate. A higher bite rate and lower time of feeding station were found at continuous stocking. The pasture quality was higher in continuous stocking paddocks. The results of metabolic profile did not indicate animal stress conditions. The grazing methods affected the performance (continuous stocking resulted in higher average daily gain) but not the gain of live weight per unit of area. The low grazing intensity provided better average daily gain. The ryegrass natural reseeding was not influenced by grazing methods and the intensity of low grazing was responsible for a better reseeding. The intensity of grazing determines the productivity in grazing systems, whereas the method of grazing is irrelevant.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/8005
Arquivos Descrição Formato
000564548.pdf (1.113Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.