Repositório Digital

A- A A+

Biodisponibilidade de metais pesados em solos do Rio Grande do Sul

.

Biodisponibilidade de metais pesados em solos do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biodisponibilidade de metais pesados em solos do Rio Grande do Sul
Outro título Heavy Metals bioavailability in soils of Rio Grande do Sul (Brazil)
Autor Costa, Claudia das Neves
Orientador Meurer, Egon Jose
Data 2005
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Assunto Bioquimica do solo
Metal pesado
Rio Grande do Sul
Resumo O impacto da contaminação e/ou poluição do solo por metais pesados deve ser avaliado não somente pela concentração total dos metais, mas sobretudo pela sua biodisponibilidade, sendo esta uma propriedade relacionada com a mobilidade no solo e absorção pelas plantas. Assim, este estudo teve por objetivo avaliar, mediante extrações químicas seqüenciais e atividade das espécies dos metais em solução, preditas pelo modelo MinteqA2, a biodisponibilidade dos metais cádmio, chumbo, cobre, níquel e zinco em seis solos do Estado do Rio Grande do Sul. Para isto, utilizaram-se amostras destes solos, nas quais foram adicionados, a 10 anos, diferentes níveis desses metais em experimento conduzido ao ar livre. As frações químicas em que os metais se encontravam no solo (solúvel, trocável, orgânicas e residual) e as espécies em solução (cátions livres e ligados a complexantes orgânicos e inorgânicos) foram relacionadas com a mobilidade dos metais no perfil do solo e com as quantidades absorvidas pelas plantas. As formas solúvel em água, trocável e ligadas a fração orgânica relacionaram-se com a absorção por plantas e apresentaram maior mobilidade no perfil do solo. O modelo de especiação MinteqA2 predisse que as formas livres dos metais cádmio, cobre, níquel e zinco bem como as formas destes metais unidas a ligantes orgânicos podem ser potencialmente biodisponíveis, pois se relacionaram com as quantidades de metais absorvidas pelas plantas.
Abstract The hazard environment impact and soil pollution by heavy metals should be evaluated not only by total concentration but mainly by its bioavailability. This indicator is better related with heavy metal movement trough the soil profile and plant uptake. Therefore, the main aim of this research was evaluate, trough sequential chemical extractions and concentration in soil solution of metal species, specify by the MinteqA2 model. In this research the bioavailability of the following metals: cadmium, lead, copper, nickel and zinc was investigated in six Rio Grande do Sul State soils. The soil samples investigated come from a long term experiment in which 10 years ago different levels of these metals were applied. The metal chemical fractions (soluble, exchangeable, organic and residual) and metal species in soil solution (free cations, cations bonded to organic and inorganic complexes) were related with metal mobility trough the soil profile and plant uptake. The metal water soluble, metal exchange and bonded to organic fraction were related with plant uptake and they show higher soil movement trough the soil profile. The speciation model MintequA2 indicate that the free fractions of cadmium, copper, nickel and zinc as well the bonded with organic fraction would be bioavailability, because they were related with the metal plant uptake.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/8013
Arquivos Descrição Formato
000564970.pdf (472.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.