Repositório Digital

A- A A+

Achados clínico patológicos durante um surto de disenteria de inverno em bovinos no Rio Grande do Sul

.

Achados clínico patológicos durante um surto de disenteria de inverno em bovinos no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Achados clínico patológicos durante um surto de disenteria de inverno em bovinos no Rio Grande do Sul
Outro título Clinic pathological features during a winter dysentery outbreak in cattle in Rio Grande do Sul
Autor Pavarini, Saulo Petinatti
Bezerra Junior, Pedro Soares
Santos, Adriana da Silva
Pescador, Caroline Argenta
Brandao, Paulo
Souza, Sibele Pinheiro de
Driemeier, David
Resumo Descreve-se um surto de disenteria de inverno que afetou 10 vacas leiteiras de uma propriedade localizada em Viamão, Rio Grande do Sul. O quadro clínico caracterizou-se por uma diarréia inicialmente líquida esverdeada com estrias de sangue e muco, evoluindo, em alguns animais, para uma diarréia de coloração marrom escura à sanguinolenta, que persistiu, em média, cinco dias. Drástica diminuição na produção de leite e no consumo de alimentos, além de graus variados de depressão também foram observados. Apenas um dos 10 animais afetados morreu. Durante a necropsia, observaramse mucosas pálidas, conteúdo sanguinolento com presença de grande quantidade de coágulos, principalmente no cólon espiral e petéquias na mucosa do cólon. Os principais achados histológicos foram encontradas no cólon espiral, onde havia criptas dilatadas, sem epitélio de revestimento ou revestidas por epitélio pavimentoso e/ou cuboidal, por vezes com núcleos grandes e nucléolos proeminentes. Algumas criptas eram preenchidas por debris necróticos e polimorfonucleares. Na imuno-histoquímica com anticorpo monoclonal para coronavírus bovino (8F2) em cortes do cólon espiral, havia marcações positivas no citoplasma de enterócitos das criptas, nos debris necróticos destas e em macrófagos na lâmina própria.
Abstract The report describes a winter dysentery outbreak that affected 10 dairy cows from a ranch located in the county of Viamão, Rio Grande do Sul. The most significant clinical sign was profuse and watery diarrhea, which ranged from a greenish to a brownish coloration and from occasional blood streaks with mucus to a bloody diarrhea. Most cases persisted for 5 days and also included depression, drastic decrease in milk production and in food consumption. Only one of the affected animals died. The necropsy revealed pale mucosa and sanguineous content with high quantity of blood clots, particularly within the spiral colon, and petechiae on the colonic mucosa. Histopathological lesions were predominant in the spiral colon, and consisted of a high number of dilated crypts without epithelium or with the replacement of a pavement epithelium with occasional immature cuboidal cells, which sometimes showed enlarged nucleus and proeminent nucleolus. Some crypts were filled with epithelial desquamation and polymorphnuclear cells. Bovine coronavirus (8F2) monoclonal antibody was used for immunohistochemistry on sections of the spiral colon that showed positive reactions in the cytoplasm of the infected crypt epithelium, sloughed necrotic cells, and within macrophages in the lamina propria of both.
Contido em Pesquisa veterinária brasileira. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 28 , n. 12 (dez. 2008), p. 611-616
Assunto Coronavírus bovino
Diarreia : Bovinos
Disenteria
[en] Bovine coronavirus
[en] Diarrhea
[en] Spiral colon
[en] Winter dysentery
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/80290
Arquivos Descrição Formato
000718090.pdf (339.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.