Repositório Digital

A- A A+

Ocorrência do Gênero Centropomus (Perciformes, Centropomidae) no Estuário do Rio Tramandaí e Lagoas Costeiras do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil

.

Ocorrência do Gênero Centropomus (Perciformes, Centropomidae) no Estuário do Rio Tramandaí e Lagoas Costeiras do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ocorrência do Gênero Centropomus (Perciformes, Centropomidae) no Estuário do Rio Tramandaí e Lagoas Costeiras do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Souza, Fabricio Anjos de
Orientador Lupichinski Junior, Ênio
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Ênfase em Gestão Ambiental, Marinha e Costeira: Bacharelado.
Assunto Peixes : Perciformes : Centropomus : Robalos
Rio Grande do Sul, Litoral norte
Tramandaí, Rio, Estuário do (RS)
[en] Atlantic distribuition
[en] Centropomidae
[en] Centropomus
[en] Southern occurrence limit
[en] Tramandai river estuary
Resumo O presente trabalho registra a ocorrência do gênero Centropomus (Osteychityes: Perciformes: Centropomidae), conhecido popularmente por robalo ou camorim, na região estuarina do Rio Tramandaí e nas lagoas costeiras do Litoral Norte do Rio Grande do Sul, Brasil. A falta de trabalhos específicos sobre as espécies deste gênero, para a região, levaram a produção deste trabalho a fim de confirmar a presença destes peixes diádromos nesta região, comprovando que o local de estudo apresenta este gênero como nativo. Existem pouquíssimos trabalhos publicados sobre a ictiofauna da região que apresentam a presença de indivíduos deste gênero, porém ainda não há dados que esclareçam o status do gênero na região, ora inclusive sendo descrito como espécie acidental, sendo incluído por engano na bibliografia de revisão do gênero como presente em Porto Alegre, RS. As bibliografias específicas não apresentam de forma clara o limite sul de sua ocorrência no oceano atlântico, apenas a Carolina do Norte nos EUA como seu limite norte de ocorrência, sendo praticamente impossível encontrar citações sobre sua ocorrência no Rio Grande do Sul. Por meio do contato com pescadores, do levantamentos realizados em coleções ictiológicas e análise de espécimes, se verificou que espécies deste gênero estão presentes no litoral norte do estado em várias fases de seu desenvolvimento e durante todo o ano. Os espécimes foram coletados junto aos pescadores artesanais e esportivos da região, durante os meses de Janeiro a Maio de 2012. O estudo tentou verificar exatamente que espécies do gênero Centropomus estariam ocorrendo nesta região, e apresentou a espécie Centropomus parallelus, conhecido popularmente por robalo-peva, como a capturada com maior predominância na região, e a presença da espécie Centropomus mexicanus, robalo-corcunda, como ocorrentes em simpatria. Indicando a necessidade de rever a situação taxonômica e de distribuição das espécies para o sul do Brasil, revendo o limite sul de ocorrênia no Oceano Atlântico de todo o gênero Centropomus.
Abstract This paper reports the occurrence of the genus Centropomus (Osteychityes: Perciformes: Centropomidae), popularly known by snook or robalo, in the region Tramandaí River estuary and coastal lagoons of the northern coast of Rio Grande do Sul, Brazil. The lack of specific work on the species of this genus, for this region, led to the production of this work in order to confirm the presence of these diadromus fishes in this region, confirming that the site of this study presents gender as native. There are few published works on the fish fauna of the region showing the presence of individuals in this genre, but there is no data to clarify the status of its kind in the region, sometimes even being described as accidental species, being mistakenly included in the literature review of gender as present in Porto Alegre, RS. The specific bibliographies not clearly show the southern limit of its occurrence in the Atlantic Ocean, just North Carolina in the U.S. as its northern limit of occurrence is virtually impossible to find quotes on their occurrence in Rio Grande do Sul. Through contact with fishermen, surveys conducted in ichthyological collections and analysis of specimens, it was found that species of this genus are present on the northern coast of the state in various stages of development and throughout the year. The specimens were collected from the artisanal fishermen and anglers in the region during the months of January to May 2012. The study attempted to ascertain exactly which species of Centropomus be occurring in this region, and displayed the kind ¬ Centropomus parallelus, popularly known by robalo-peva (fat snook), as captured with a predominance in the region, and the presence of the species Centropomus mexicanus, robalo-corcunda (fat snook large scale), as occurring in sympatry. Indicating the need to review the situation and taxonomic distribution of species in southern Brazil, reviewing the southern boundary of the Atlantic Ocean ocorrênia of every kind Centropomus.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/80496
Arquivos Descrição Formato
000878197.pdf (1.936Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.