Repositório Digital

A- A A+

Estudo da oferta de queijos de leite de ovelha e adequação da rotulagem dos produtos com a legislação vigente

.

Estudo da oferta de queijos de leite de ovelha e adequação da rotulagem dos produtos com a legislação vigente

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da oferta de queijos de leite de ovelha e adequação da rotulagem dos produtos com a legislação vigente
Autor Silva, Charlyne Camargo da
Orientador Pinto, Andrea Troller
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Inspecao de produtos de origem animal
Queijo de leite de ovelha
Rotulagem : Legislação : Alimentos : Legislação
[en] Labels
[en] Legislation
[en] Prices
[en] Sheep`s milk cheese
Resumo A exploração da atividade leiteira ovina em escala industrial é recente, mais precisamente com a introdução da raça Lacaune no Rio Grande do Sul, em 1992. A partir dessa data, o Rio Grande do Sul está produzindo queijos finos e iogurtes. O diferencial da produção de queijos finos a partir do leite de ovelha é a alta agregação de valor nesses produtos e a grande demanda, mais especificamente em hotéis e restaurantes de culinária requintada. O objetivo deste estudo foi avaliar os principais queijos de leite de ovelha, comercializados no mercado gaúcho, e verificar a conformidade de seus rótulos com a legislação vigente. Foram coletados os preços de 11 tipos de queijo ovino: queijo Feta fresco; Pecorino Toscano e suas tres variações de maturação: 90 180 e 270 dias; quatro variedades de queijo Labneh (Sem tempeiro, Adobo, Pimenta e Zataar, da mesma marca) e duas apresentações de Pecorino Romano (cunha de 180 g e ralado, de mesma marca). Todos os queijos pesquisados apresentarem em seus rótulos as características de identificação determinadas na legislação. Os produtos são apresentados em porções com peso médio de 100 g. Seus preços variam de dez a vinte reais. Os queijos Pecorino, Feta e Labneh se caracterizam como iguarias.
Abstract The exploitation of dairy sheep activity on an industrial scale is recent, more precisely with the introduction of the Lacaune breed in the state of Rio Grande do Sul, in 1992. Thereafter, the state of Rio Grande do Sul is producing fine cheeses and yogurts. The differential in the production of fine cheeses from sheep's milk is a high added value and the high demand of these products, specifically in hotels and restaurants for fine food. The aim of this study was to evaluate the major sheep's milk cheeses, marketed in the state of Rio Grande do Sul and verify the compliance of their labels with current legislation. We collected prices of 11 types of sheep cheese: fresh Feta; Pecorino Toscano and its three variations of maturation: 90, 180 and 270 days; four varieties of cheese Labneh (No seasoning, Adobo, pepper and Zataar, from the same brand) and two presentations of Pecorino Romano (180 g grated wedge of the same brand). All cheeses surveyed had on their labels identifying characteristics specified in the legislation. The products are presented in portions with an average weight of 100 g. Their prices range from ten to twenty reais. The Pecorino, Feta and Labneh are characterized as delicacies.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/80508
Arquivos Descrição Formato
000902244.pdf (409.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.