Repositório Digital

A- A A+

Utilização de dietas aniônicas como prevenção de hipocalcemia em vacas de leite

.

Utilização de dietas aniônicas como prevenção de hipocalcemia em vacas de leite

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização de dietas aniônicas como prevenção de hipocalcemia em vacas de leite
Autor Storck, Daniel Jonas
Orientador Bangel Junior, Jorge Jose
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Dietas terapeuticas
Hipocalcemia
Vacas leiteiras
[en] Anionic salts
[en] Dairy cows
[en] Dietary cation anion difference (DCAD)
[en] Hypocalcemia
Resumo Durante o período pós-parto, as vacas de leite têm um elevado risco de desenvolver doenças metabólicas que prejudicam a produção de leite e desempenho reprodutivo subsequente. Muitas dessas doenças são resultados do manejo nutricional inadequado durante o período seco. Pelo fato das vacas secas não contribuem para a produção de leite, muitos produtores ignoram esses animais, e as suas necessidades nutricionais são comprometidos. Veterinários devem convencer os produtores de leite que o período seco é uma fase preparatória para a próxima lactação e que vacas secas são um investimento para a próxima lactação. Vacas de leite do período de transição do pré-parto devem ser manejadas e alimentadas para que no dia do parto e início da lactação as vacas estejam fisiologicamente preparadas para fazer os ajustes necessários nas demandas de cálcio e energia. A hipocalcemia ocorre mais comumente neste período e pode levar a uma redução no consumo de matéria seca (CMS) depois do parto, maior risco de doenças secundárias, diminuição da produção de leite e redução da fertilidade. Portanto, este trabalho tem o objetivo de analisar as estratégias de controle da hipocalcemia puerperal, enfatizando aspectos do manejo nutricional, com base na literatura sobre o assunto.
Abstract During the postpartum period, dairy cows are at a high risk to develop metabolic diseases that impair milk production and subsequent reproductive performance. Many of these diseases are the result of improper nutritional management during the dry period. Because dry cows not contribute to the milk check, many producers ignore these animals, and their nutritional needs are compromised. Veterinarians must convince dairy producers that the dry period is a preparatory phase for the next lactation and that dry cows are considered an investment for the next lactation. Prepartum transition dairy cows should be managed and fed so that at parturition and initiation of lactation, the cow is physiologically prepared to make the necessary adjustments to calcium and energy demands. The hypocalcemia must commonly occurs during this period and may lead to decrease dry matter intake (DMI) after calving, increased risk of secondary diseases, decreased milk production, and decreased fertility. Therefore, this work has the objective to analyze puerperal hypocalcemia control strategies, stressing nutritional and manage aspects, based on literature in the subject.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/80510
Arquivos Descrição Formato
000902252.pdf (141.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.