Repositório Digital

A- A A+

Translation and validation of Autism Diagnostic Interview-Revised (ADI-R) for autism diagnosis in Brazil

.

Translation and validation of Autism Diagnostic Interview-Revised (ADI-R) for autism diagnosis in Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Translation and validation of Autism Diagnostic Interview-Revised (ADI-R) for autism diagnosis in Brazil
Outro título Tradução e validação da ADI-R (Autism Diagnostic Interview-Revised) para diagnóstico de autismo no Brasil
Autor Becker, Michele Michelin
Wagner, Mario Bernardes
Bosa, Cleonice Alves
Schmidt, Carlo
Longo, Dânae
Papaleo, Clarissa Araújo Pinto
Riesgo, Rudimar dos Santos
Resumo Objetivo: Traduzir para o português do Brasil a ADI-R (Autism Diagnostic Interview–Revised), uma ferramenta diagnóstica extremamente útil em casos de autismo. Métodos: Foi realizado um estudo caso-controle para validar a ADI-R. A fim de se obter as propriedades psicométricas iniciais da entrevista, após a tradução, a ADI-R foi aplicada em uma amostra de 20 pacientes com autismo e 20 controles com retardo mental sem autismo. Resultados: A consistência interna foi alta, com um α de Crombach de 0,976. A validade de critério mostrou uma sensibilidade e uma especificidade de 100%, tendo os critérios diagnósticos do DSM-IV como padrão ouro. A entrevista teve uma alta validade discriminante, com maiores escores no grupo de pacientes com autismo, bem como uma alta consistência entre observadores, com um Kappa médio de 0,824. Conclusão: A versão final da ADI-R teve características psicométricas satisfatórias, indicando boas propriedades preliminares de validação. O instrumento necessita ser aplicado em amostras maiores em outras áreas do país.
Abstract Objective: To translate into Brazilian Portuguese the Autism Diagnostic Interview-Revised (ADI-R), an extremely useful diagnostic tool in autism. Methods: A case-control study was done to validate the ADI-R. After being translated, the interview was applied in a sample of 20 patients with autism and 20 patients with intellectual disability without autism, in order to obtain the initial psychometric properties. Results: The internal consistency was high, with α of Crombach of 0.967. The validity of criterion had sensitivity and specificity of 100%, having as a gold standard the DSM–IV diagnostic criteria. The interview had high discriminant validity, with higher scores in the group of patients with autism, as well as high interobserver consistency, with median kappa of 0.824. Conclusion: The final version of ADI-R had satisfactory psychometric characteristics, indicating good preliminary validation properties. The instrument needs to be applied in bigger samples in other areas of the country.
Contido em Arquivos de neuro-psiquiatria. São Paulo. Vol. 70, n. 3 (mar. 2012), p. 185-190
Assunto Brasil
Estudos de validação
Questionários
Transtorno autístico
[en] Adolescent
[en] Autistic disorder
[en] Child
[en] Diagnosis
[en] Neurology
[en] Pediatrics
[en] Translating
[en] Validation studies
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/81781
Arquivos Descrição Formato
000823655.pdf (127.6Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.