Repositório Digital

A- A A+

Estudo da solidificação/estabilização de Pb, Ni, Mn e Cr em matrizes de argamassa : uso de crisotilas e zeólita A como potenciais aditivos pozolânicos

.

Estudo da solidificação/estabilização de Pb, Ni, Mn e Cr em matrizes de argamassa : uso de crisotilas e zeólita A como potenciais aditivos pozolânicos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da solidificação/estabilização de Pb, Ni, Mn e Cr em matrizes de argamassa : uso de crisotilas e zeólita A como potenciais aditivos pozolânicos
Autor Gollmann, Maria Angélica Cardoso
Orientador Santos, Joao Henrique Zimnoch dos
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Programa de Pós-Graduação em Química.
Assunto Crisotila
Estabilidade
Zeolitas : Síntese
Resumo No presente estudo, a solidificação/estabilização de Pb, Ni, Cr e Mn em matrizes de argamassa foi avaliada. Crisotilas e Zeólita A foram utilizadas como materiais com potencial capacidade pozolânica, com o intuito de aumentar a resistência da matriz na estabilização dos metais avaliados, de forma a diminuir a lixiviação destes para o meio externo. Pb foi utilizado em estudo piloto. Na adição deste metal às matrizes é observada a tendência à lixiviação de Ca da mesma, a lixiviação se dá tanto na parte interna como externa das matrizes nas quais o metal foi adicionado. Esta redução de Ca potencializou a queda na resistência, observada nas matrizes expostas a pH na faixa de 5-8. O estudo com os demais metais, Cr, Ni e Mn, demonstrou lixiviação constante destes para o meio externo durante todo o período de monitoramento empregado no estudo, independente do meio externo aos quais as matrizes foram expostas. A técnica se solidificação/ estabilização mostrasse eficiente, para concentrações menores do que 10 % dos metais Ni e Mn. Com este teor houve estabilização completa destes metais. Excedendo Cr, cuja técnica se mostrou ineficaz, ou seja, a estabilização não ocorreu independente do teor deste metal adicionado a matriz. A zeólita A sintetizada, não melhorou as propriedades das matrizes e tampouco aumentou a estabilização de metais nas mesmas. As crisotilas empregadas melhoraram a resistência das matrizes, no estudo a crisotila CB7 sobressaiu em relação às demais. Avaliações posteriores, porém, demonstraram que a mesma não possui capacidade pozolânica, pelos métodos empregados nesta tese para avaliação deste parâmetro. Porém foi evidenciado, que a mesma ao ser adicionada à matriz, provocou redução do teor de metal lixiviado, para todos os metais avaliados no estudo. Desta forma, a crisotila CB7 provavelmente atua interagindo física ou quimicamente aos metais adicionados, diminuindo sua lixiviação para o meio externo, auxiliando sua imobilização nas matrizes de argamassa.
Abstract In this study, the solidification / stabilization of Pb, Ni, Cr and Mn in mortar matrixes was evaluated. Different types of Chrysotile and zeolite A were studied as potential pozzolanic materials in order to increase the strength of the matrix for metals the stabilization evaluated by reducing their leaching. Pb was used in a pilot study. Ca leaching ocorred from both inside and outside of the matrices in which Pb was added. A correlation between Ca leaching and resistance reduction was observed when the samples were exposed to pHs in the range of 5-8. The others metals, Cr, Ni and Mn, showed constant leaching to the external environment along two year, regardless of the external environment to which matrices were exposed. The solidification/stabilization technique was shown to be effective for concentrations lower than 10 % of Ni and Mn. This content showed complete metal stabilization. Excepting for Cr, which technique was shown to be unsuitable, the metal stabilization occurred for metal content up 1 %. A synthesized zeolite A has not improved the properties of the matrices nor increased metals stabilization. The improved resistance was observed for chrysotiles, especially for CB7 chrysotile type. However, the CB7 crysotile did not have pozzolanic capacity, according to the evaluated methods. But it was evident that when the CB7 crysotile was added into the matrix, it caused a reduction of the amount of leached Ni, Mn and Cr. Therefore, CB7 chrysotile probably acted by interacting physically or chemically or both with metals moieties, reducing their leaching to the external environment and improveing the metal immobilization into matrices.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/81914
Arquivos Descrição Formato
000904221.pdf (7.310Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.