Repositório Digital

A- A A+

Fadiga do paciente com câncer : conhecimentos dos enfermeiros

.

Fadiga do paciente com câncer : conhecimentos dos enfermeiros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fadiga do paciente com câncer : conhecimentos dos enfermeiros
Outro título Fatiga del paciente con cáncer: conocimientos de los enfermeros
Outro título Cancer patients’ fatigue: the nurses’ knowledge
Autor Torres, Martiela Ribeiro
Orientador Gorini, Maria Isabel Pinto Coelho
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Enfermagem oncológica
Fadiga : Oncologia
Neoplasias
[en] Fatigue
[en] Knowledge
[en] Neoplasms
[en] Nursing
[en] Oncologic nursing
[es] Conocimiento
[es] Enfermería
[es] Enfermería oncológica
[es] Fatiga
[es] Neoplasías
Resumo A fadiga é um sintoma subjetivo e multifatorial, encontrado em pessoas sadias e em pessoas doentes. A prevalência da fadiga em paciente com câncer fica em torno de 87%. E suas causas podem estar relacionadas ao tratamento ou à própria doença. Cabe, pois, ao enfermeiro papel relevante na sua prevenção e no seu diagnóstico e tratamento, tanto farmacológico quanto não farmacológico. Este estudo tem por objetivo identificar o conhecimento dos enfermeiros sobre a fadiga do paciente com câncer, relacionando-o às experiências pessoais e à formação e experiência profissional. Este é um estudo de prevalência de caráter observacional, transversal, com abordagem quantitativa. Seus integrantes foram enfermeiros que trabalham em Unidades de Quimioterapia, Radioterapia, Internação Clínica e Cirúrgica, totalizando 78 participantes. Os achados do estudo indicam que os enfermeiros confundem os sintomas com o significado e a abrangência da fadiga e que as definições tenderam a se limitar aos sintomas. Verificou-se que os enfermeiros reconhecem alguns sinais, sintomas, fatores relacionados, têm noção do que é a fadiga, mas não apresentam maior profundidade de conhecimento. Não se encontrou significância estatística entre a experiência pessoal do enfermeiro com a fadiga do paciente com câncer e seus conhecimentos acerca da fadiga. Foram comparadas as categorias de formação e as questões de conhecimento sobre fadiga e não foi encontrada significância entre os grupos. A autora aponta para a necessidade de cursos de capacitação na área, visto que sinais e sintomas, dimensões, manejo e tipos de tratamentos não são conhecidos em sua totalidade pelos profissionais.
Resumen La fatiga es un síntoma subjetivo y multifactorial encontrado en personas saludables y en personas enfermas. La prevalencia de la fatiga en paciente con cáncer queda al rededor del 87%. Las causas de la fatiga pueden relacionarse al tratamiento o a la propia enfermedad. El enfermero tiene un rol importante en la prevención, el diagnóstico y el tratamiento, tanto farmacológico cuanto no-farmacológico. Así, el presente estudio tiene como objetivo identificar el conocimiento de los enfermeros acerca de la fatiga del paciente con cáncer y relacionarlo con experiencias personales y la formación y la experiencia profesionales. Es un estudio de observación de prevalencia, de carácter transversal, con abordaje cuantitativo. Los integrantes han sido enfermeros que trabajan en Unidades de Quimioterapia, Radioterapia, Internación Clínica y Quirúrgica, en un total de 78 entrevistados. Los hallazgos del estudio indican que los enfermeros mezclan los síntomas con el significado y el alcance de la fatiga, y las definiciones han tendido a limitarse a los síntomas. Se ha verificado que los enfermeros reconocen algunas señales, algunos síntomas y factores relacionados; tienen una noción de lo que es la fatiga, pero carecen de un conocimiento más profundizado. No se ha encontrado significación estadística entre la experiencia personal del enfermero con la fatiga del paciente con cáncer y los conocimientos de ese profesional acerca de la fatiga. Han sido comparadas las categorías de formación y las cuestiones de conocimiento sobre fatiga, y no se ha encontrado significación entre los grupos. Los resultados apuntan para la necesidad de cursos de capacitación en el área, visto que las señales y los síntomas, las dimensiones, el manejo y los tipos de tratamiento no son totalmente conocidos por los profesionales.
Abstract Fatigue is a subjective and multifactorial symptom found both in healthy and ill people. The prevalence of fatigue among cancer patients is around 87%. The causes of fatigue might be related to the treatment or the illness itself. The nurse plays an important role in prevention, diagnosis, and treatment, whether pharmacological or not. Therefore, the purpose of the present study was to identify the nurses’ knowledge of cancer patients’ fatigue and relate that knowledge to personal experiences and professional training and experience. This is a study on prevalence and has an observational and transversal character with a quantitative approach. Nurses working in Chemotherapy, Radiotherapy, Clinical Internment, and Chirurgical Units participated in the study, totalizing 78 interviewed. The findings of the study indicate that the nurses confounded the symptoms with the meaning and extension of fatigue, and the definitions tended to confine to symptoms. It was verified that the nurses recognize some signals, symptoms, and related factors; these professionals had some notion of what fatigue is, but lacked a deeper knowledge. No statistical significance was found between the nurses’ personal experience in cancer patients’ fatigue and those professionals’ knowledge of fatigue. When comparing training categories and the questions testing their knowledge of fatigue, no significance was found between groups. Results indicate the need for training courses in this area, since signals and symptoms, dimensions, administration, and types of treatment are not fully known by the nurses.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8230
Arquivos Descrição Formato
000571783.pdf (832.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.