Repositório Digital

A- A A+

Relação entre orientação de metas, percepção do contexto motivacional e percepção de competência física de crianças praticantes de esporte.

.

Relação entre orientação de metas, percepção do contexto motivacional e percepção de competência física de crianças praticantes de esporte.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relação entre orientação de metas, percepção do contexto motivacional e percepção de competência física de crianças praticantes de esporte.
Autor Souza, Marcos Antônio de
Orientador Valentini, Nadia Cristina
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Movimento Humano.
Assunto Esportes : Psicologia
Motivação
Psicologia do esporte
[en] Goal orientation
[en] Perceved motivatinal climate
[en] Physical competence
Resumo O objetivo desta pesquisa foi investigar a Orientação de Metas, a percepção do Contexto Motivacional e os níveis de Percepção de Competência Física bem como, as relações entre estes três construtos motivacionais, em crianças praticantes de esporte, com a finalidade de identificar as direções e associações desses construtos. A abordagem quantitativa, de cunho relacional, foi utilizada. A amostra, desta pesquisa, foi composta de 245 atletas, com idades entre 9 e 12 anos, sendo 168 atletas do sexo masculino e 77 do sexo feminino, todos esportistas de modalidade coletiva. Os instrumentos utilizados, para coleta das informações, foram o POSQ (Questionário de Percepção de Sucesso no Esporte), O PMCSQ-2 (Questionário de Percepção do Clima Motivacional no Esporte–2) e a Subescala de Percepção de Competência Física). Os resultados encontrados mostraram que os atletas, a percepção do Contexto Motivacional de prática esportiva orientada para a Maestria estava relacionado com percepções elevadas de Competência Física (rho = 0,203**; p = 0,001). Atletas que perceberam o Contexto Motivacional orientado para o Ego perceberam-se menos competentes (rho = - 0,017; p = 0,793). A relação entre o Contexto Motivacional orientado para Maestria e a Orientação de Metas para Maestria foi regular, positiva e significativa (rho = 0,352**; p = 0,000). A relação entre a Percepção do Contexto Motivacional orientado para o Ego e a Orientação de Meta para o Ego foi fraca, positiva e significativa (rho = 0,299**; p = 0,000). Os atletas da amostra, que evidenciaram uma moderada Orientação de Meta para a Maestria, evidenciaram, também, uma moderada Percepção do Contexto Motivacional orientado para Maestria, e moderados escores de Percepção de Competência Física. Os Atletas, que evidenciaram uma percepção do Contexto Motivacional orientado para o Ego, apresentaram menores escores de Percepção de Competência Física. Quanto as questões de gênero e idade não foi encontrada diferença, estatisticamente significativa, entre os gêneros, na Orientação de Meta para a Maestria (H= 0,014; p = 0,906). Quanto a idade não foi encontrado diferença significativa entre as idades na Orientação de Meta para o Ego (H=4,397; p=0,222) e na Orientação de Meta para Maestria (H=3,231; p= 0,357). Pode-se concluir que crianças atletas deste estudo apresentam níveis moderados de motivação para Maestria. Pôde-se verificar que, mesmo aqueles atletas que tiveram escores mais preponderantes na Orientação de Metas para o Ego, também obtiveram moderados escores de Percepção de Competência Física. O desenvolvimento de sentimentos e percepções positivos, na prática esportiva, poderá fazer com que atletas mantenham suas motivações para prática esportiva ao longo de sua vida. Por fim, este estudo indica que os professores e/ou técnicos podem manipular o Contexto Motivacional de prática esportiva, fazendo com que atletas adotem condutas motivacionais apropriadas, para ter-se um bom desenvolvimento esportivo e educacional adequado, de crianças e jovens praticantes de esporte. Palavras-chave: Percepção de Competência Física, Orientação de Metas
Abstract The objective of this research was to investigate the Goal Orientation, Context Motivacional's perception and the levels of Perception of Physical Competence and the relationships among these three constructs motivacionais, in athletes, with the purpose of identifying the directions and associations of those constructs in the Motivation for athletes' Conquest. The quantitative approach, of stamp relacional, it was used. The sample, of this research, was composed of 245 athletes, with ages between 9 and 12 years, being 168 athletes male and 77 female, all sportsmen of collective modalities. The used instruments, for collection of the information, they were POSQ (Questionnaire of Perception of Success in the Sport), PMCSQ-2 (Questionnaire of Perception of the Climate Motivacional in the Sport-2) and Subscale of Perception of Physical Competence). The found results showed that the athletes, that noticed the Context Motivacional of sporting practice guided for the Mastery, they obtained larger punctuation scores in the Perception of Physical Competence (rho = 0,203 * *; p = 0,001) than athletes that noticed the Context Motivacional guided for the Ego (rho = - 0,017; p = 0,793). Context Motivacional's perception guided for Mastery went to regulate, positive and significantly related with the Orientation of Goal for the Mastery (rho = 0,352 * *; p = 0,000). Context Motivacional's Perception guided for the Ego was weak, positive and significantly related with the Orientation of Goal for the Ego (rho = 0,299 * *; p = 0,000). The athletes of the sample, that obtained a moderate Orientation of Goal for the Mastery, obtained, also, a moderate Perception of the Context Motivacional guided for Mastery, and moderate scores of Perception of Physical Competence (M = 2,89; SD = 0,47). The Athletes, that presented a perception of the Context Motivacional guided for the Ego, they presented smaller scores of Perception of Physical Competence (rho = -0,017; p = 0,793). it was not found difference, significant statistical, among the goods, in the Orientation of Goal for the Mastery. (H = 0,014; p = 0,906). Conclusion. It can be concluded that the sample of this study is, in what he/she refers to the formation of goals for conquest in the sporting way, being worked satisfactorily, as it can be seen in the moderate scores found motivacional. The development of feelings and positive perceptions, in practice sporting, he/she can do with that athletes maintain their motivations for sporting practice along his/her life. It can be verified that, even those athletes that had more preponderant scores in the Orientation of Goals for the Ego, also obtained moderate scores of Perception of Physical Competence. Finally, this study indicates that the teachers and/or technicians can manipulate the Context Motivacional of sporting practice, doing with that athletes adopt conducts appropriate motivacional, to have a good sporting and education development, of children and young athletes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8245
Arquivos Descrição Formato
000572100.pdf (372.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.