Repositório Digital

A- A A+

A política de comércio exterior brasileira de 1995 a 1998 : a política comercial estratégica e o caso Embraer

.

A política de comércio exterior brasileira de 1995 a 1998 : a política comercial estratégica e o caso Embraer

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A política de comércio exterior brasileira de 1995 a 1998 : a política comercial estratégica e o caso Embraer
Autor Petry, Mariana Simões
Orientador Silva, Heloisa Conceição Machado da
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais.
Assunto Brasil
Comércio exterior
Exportação
Finanças
Política comercial
Política externa
Relações internacionais
[en] Exports
[en] Financial credits
[en] Foreign commercial policy
[en] Institutional system
[en] Strateic commercial policy
[en] Subsidies
Resumo Este trabalho é uma análise da política comercial externa de 1995 a 1998, caracterizada, entre outros fatores, pela política comercial estratégica e o caso da Embraer. São abordadas nessa análise algumas questões como a taxa de câmbio, a institucionalidade do comércio exterior do período, os financiamentos às exportações e o apoio governamental à Embraer. Para tanto, foi utilizada a teoria do comércio exterior estratégico, que defende o uso de incentivos para o desenvolvimento de determinadas indústrias nascentes nas quais o país possui interesses estratégicos. O principal argumento desse trabalho afirma que, apesar de a taxa de câmbio valorizada ter repercutido de forma negativa no desempenho do comércio exterior do país, o governo adotou outras iniciativas e esforços para estimular as exportações brasileiras, das quais podemos citar: a remontagem do sistema institucional do comércio exterior, a retomada e revitalização dos mecanismos de financiamento como o BNDES-Exim e o Proex, o apoio às micro e pequenas empresas e o apoio à EMBRAER, configurando assim uma política comercial estratégica.
Abstract This work is a review about the brazilian foreign commercial policy from 1995 to 1998, which is characterized, among other things, by a strategic commercial policy and the Embraer case. Some issues are developed through the study, such as exchange rate, institutional matters, financial credits to the exports and the government support to Embraer. The theory used here is the strategic commercial policy, which discusses the protection to some special new industries considered strategic to the country. The main argument in this work states that, although the exchange rate caused some serious harmful effects to the foreign trade results, government adopted other actions to estimulate the exports development, such as the rebuilding of the institutional system of foreign trade, the strengthened of financial credits mechanisms, support to small companies and the support to Embraer, reflecting, this way, the strategic commercial policy.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8287
Arquivos Descrição Formato
000572675.pdf (1.451Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.