Repositório Digital

A- A A+

Acidente com risco biológico em profissionais de enfermagem no serviço de emergência do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul - PACS

.

Acidente com risco biológico em profissionais de enfermagem no serviço de emergência do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul - PACS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Acidente com risco biológico em profissionais de enfermagem no serviço de emergência do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul - PACS
Autor Mielczarski, Rodrigo Geisler
Orientador Waldman, Beatriz Ferreira
Data 2000
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Acidentes de trabalho : Enfermagem
Enfermagem : Serviço de emergencia : Risco biológico
Resumo o estudo tratou da prevalencia do acidente de trabalho com material pQtencialmente contaminado entre os muitos riscos ocupacionais que estao presentes no ambiente de trabalho dos profissionais que exercem a enfermagem, tanto em nivel hospitalar quanta ambuJatoriaL Focalizou 0 Serviyo de Emergencia do Pronto Atendimento Cruzeiro do Sui - PACS. Trata-se de urn servi,¥o da rede basica de saude, sob a gerencia da Secretaria Municipal de Saude de Porto Alegre. Objetivou caracterizar 0 acidente de trabalho ocorrido naquele serviyo no periodo de Janeiro a Agosto de 2000, identificando o tipo de material causador do evento e a relayao de sua ocorrencia com 0 uso do EPI e as condutas tomadas. Foram realizadas entrevistas com todos os profissionais de enfermagem acidentados no referido periodo, utilizando-se urn formuJano elaborado com base no Protocolo de Exposiyao Ocupacional da Associayao Nacional de Medicina do Trabalho e Faculdade de Medicina da UFRGS. Constatou-se que no periodo investigado foram registrados 12 acidentes com 1 enfermeiro, 4 tecnicos de enfermagem e 7 auxiliares de enfermagem. A analise dos dados, realizada atraves do EPI-INFO 6, mostrou que a lesao do tipo perfurante apareceu em 83,4% dos casos. A agulha hipodermica foi responsavel por 50% das lesoes. Os profissionais estavam em plantao de 12 horas nao relacionado com hora extra em 91,7% e, no turno diurno em 83,3% dos casos. Os envolvidos no acidente estavam realizando procedimento em 66,7% dos casos e envolvidos com descarte de material em 50% dos casos. Verificou-se que 0 EPI nao foi utilizado em 66,7% das situayoes investigadas. A notificayao do acidente aconteceu com 100% dos casos. Esses dados possibilitam a implementayao do programa de treinarnento do Nucleo de Educayao Continuada do PACS, visto que as ayoes de prevenyao do acidente ocupacional necessitarn ser planejadas a partir de urn diagn6stico que traduza a realidade do processo laboral e suas consequencias sobre a saude dos trabalhadores.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/83121
Arquivos Descrição Formato
000285671.pdf (2.346Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.