Repositório Digital

A- A A+

Crescimento urbano sobre os compartimentos de relevo no município da Santa Maria, RS

.

Crescimento urbano sobre os compartimentos de relevo no município da Santa Maria, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Crescimento urbano sobre os compartimentos de relevo no município da Santa Maria, RS
Outro título Urban sprawl over the relief compartments in the municipality of Santa Maria, RS
Autor Gomes, Tania Cristina
Orientador Moura, Nina Simone Vilaverde
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Crescimento urbano
Geografia urbana
Geomorfologia
Santa Maria (RS)
[en] Anthropogeomorphology
[en] Geomorphological mapping
[en] Urbanization
[en] Urban sprawl
Resumo A história do desenvolvimento das sociedades humanas produziu um espaço diferenciado a partir das relações conflitantes entre sociedade e natureza. O resultado dessa relação é o espaço geográfico, ou seja, o meio natural ocupado, organizado, modificado e transformado pelas sociedades humanas, através ação antrópica, sendo nas cidades, onde essas modificações se mostram de maneira mais visível. A ocupação e a consequente expansão urbana deixa relatos concretos que permitem a compreensão das preferências pretéritas de ocupação, favorecendo o entendimento da atual ocupação das populações sobre as formas de relevo. Essas evidências vão ao encontro do intento deste trabalho, que busca respostas para explicar a morfologia contemporânea urbana da cidade a partir das alterações impostas na morfologia original, perturbada pela ação antrópica. Desta maneira, este estudo tem como objetivo caracterizar o processo de ocupação do espaço urbano da cidade de Santa Maria – RS, avaliando o desenvolvimento da mancha urbana sobre os distintos compartimentos, evidenciando as alterações e derivações ocorridas na morfologia original, decorrentes do processo de urbanização. No sentido metodológico apostou-se na adoção de propostas metodológicas distintas que resultou no refinamento do aparelhamento deste trabalho, sobretudo com vistas à máxima integração dos fatos geomorfológicos. Deste modo, propôs-se a organização da pesquisa a partir da associação dos trabalhos realizados por Ab’Sáber (1969), como base conceitual, e os trabalhos realizados por Rodrigues (2005) no sentido investigativo na Antropogeomorfologia, para fins de satisfazer a orientação metodológica para a pesquisa geográfica recomendada por Libault (1971) e adaptada por Ross (2010). Ainda no sentido metodológico destaca-se a importância do uso das técnicas de geoprocessamento, as quais se mostraram como uma ferramenta indispensável na análise integrada da representação dos fatos e fenômenos geográficos, possibilitando o processo de síntese das informações. A urbanização desenvolveu-se, fundamentalmente, sobre as formas de relevo que compõe a Depressão Periférica, inclusive nas planícies aluviais e cabeceiras de drenagem que, atrelado à fragilidade natural do substrato, composição dos solos, condições climáticas locais e tipo de cobertura vegetal, produzem derivações ambientais distintas das originais, intensificando e alterando a dinâmica dos processos superficial. As alterações significativas no modelado do relevo, decorrentes do processo de ocupação urbana, ocorreram principalmente a partir de intervenções estruturais realizadas sobretudo após os anos de 1960. Dentre as intervenções destacam-se as relacionadas à canalização e retificação do Arroio Cadena, corte e aterro, mineração, terraplanagem, pedreiras, lavras de material de empréstimo, as quais modificaram e originaram diferentes feições no modelado do relevo. Santa Maria, não sofreu grandes alterações como os grandes centros urbanos, no entanto, se analisadas em escala de detalhe é possível verificar que as alterações já concretizadas são inúmeras e devem ser consideradas. Observa-se um contrassenso estabelecido, de um lado, pelos investimentos públicos em habitação e saneamento e, de outro, pela a falta de controle do uso do solo, conforme preconizam os planos diretores e a regularização da atividade imobiliária, os quais propendem o interesse social, orientados por normas como o Estatuto da Cidade, o Código Estadual do Meio Ambiente, o Código de Posturas do Município e o Código de Obras e Edificações.
Abstract The history of the development of human society produced a differentiated space based on conflicting relations between society and nature. The result of this relationship is the geographic space, meaning the natural environment, organized, modified and transformed by human societies, through anthropic action. Such modifications are more visible in the cities. The occupation process and the consequent urban sprawl produce concrete reports that allow us to understand the priorities on occupation in the past, promoting the understanding of the current occupation of populations over the landforms. These evidences converge to the purpose of this work, which looks for answers to explain the contemporary urban morphology of the city, starting from the changes imposed on the original morphology, disturbed by anthropic action. Thus, this study aims to characterize the urban space occupation process of the city of Santa Maria, in the Brazilian State of Rio Grande do Sul, analyzing the urban sprawl development over distinct compartments, evidencing the changes and derivations that occurred with the original morphology, stemming from the urbanization process. In the methodological aspect, different methodological approaches were employed and their combination has refined the operationalization of this work, mainly aiming the maximum integration of geomorphological facts. Therefore, the research was organized from the association of the work of Ab'Sáber (1969) as a conceptual basis, and the work carried by Rodrigues (2005) in the investigative aspect in Anthropogeomorphology, for achieving the methodological guidance to geographic search as recommended by Libault (1971) and adapted by Ross (2010). Still regarding the methodological aspect, this dissertation highlights the importance of using geoprocessing, which revealed itself an indispensable tool in the integrated analysis of the representation of geographic facts and phenomena, allowing the synthesis of information. The urbanization evolved, basically, on the landforms that compose the Depressão Periférica, including the floodplains and the headwater, that - associated with natural substrate fragility, soil composition, climatic conditions and the kind of vegetation cover - produce environmental derivations that differs from the original characteristics, which intensifies and changes the dynamic of the processes on the surface . Significant changes in the landforms, resulting from urban occupation process, occurred mainly because of structural interventions performed especially after the 1960s. Among the interventions, one group stands out: those related to Arroio Cadena's plumbing and rectification, cut and fill, mining, earthmoving, quarrying, mining of borrow material, which modified and created different features in relief patterned. Santa Maria has not suffered significant changes as in the case of bigger urban centers, however it is possible to verify that the changes already made are numerous and must be considered, if analyzed in detail scale. There is an incongruity established, on the one hand, by public investment in housing and sanitation services, and on the other, by the lack of control of the use of the lands, as advocated in the urban plans and the regulation of real estate activity, which are focused on social interest, guided by laws such as the City Statute, the State Environmental Code, the Municipal Code and the and Building Code.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/83296
Arquivos Descrição Formato
000906051.pdf (14.96Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.