Repositório Digital

A- A A+

Resposta autonômica durante imersão em indivíduos frequentadores e não frequentadores do meio líquido

.

Resposta autonômica durante imersão em indivíduos frequentadores e não frequentadores do meio líquido

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Resposta autonômica durante imersão em indivíduos frequentadores e não frequentadores do meio líquido
Autor Buss, Greiciane Jesus de Oliveira
Orientador Ribeiro, Jorge Pinto
Co-orientador Moraes Filho, Ruy Silveira
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Água
Imersão
Pressão arterial
Resumo INTRODUÇÃO: Indivíduos saudáveis, quando expostos agudamente à imersão em água termoneutra, apresentam alterações no sistema de controle cardiovascular, com diminuição da atividade simpática e elevação da atividade vagal. Os efeitos crônicos da imersão em água termoneutra não são conhecidos. OBJETIVOS: Testar a hipótese de que a freqüente exposição à imersão em água termoneutra promove adaptações autonômicas. MÉTODOS: Participaram do estudo indivíduos freqüentadores (n= 14) e não freqüentadores do meio líquido (n=12). Foram registradas a pressão arterial e a freqüência cardíaca (FC) durante 15 minutos, estando o indivíduo inicialmente fora da água, em repouso, na posição supina e, em seguida, em ortostase. Imediatamente após, os indivíduos foram imersos em água termoneutra (32°C) até o terço médio do esterno, em posição ortostática. A variabilidade da freqüência cardíaca (VFC) foi determinada através de índices no domínio do tempo e da freqüência. RESULTADOS: A imersão em água termoneutra promoveu menor aumento do componente de alta freqüência da FC nos indivíduos freqüentadores do meio líquido (26,5 ± 7,8 un) do que nos não freqüentadores (40,1 ±12,3 un, p=0,012) . Houve uma tendência a menor redução do componente de baixa freqüência nos indivíduos freqüentadores (69,6 ± 7,3 un) do que nos indivíduos não freqüentadores (56,9 ± 12,4 un, com p= 0,069). CONCLUSÃO: Indivíduos freqüentemente expostos ao meio líquido apresentam menor modulação vagal e provável aumento da modulação simpática quando submetidos à imersão em água termoneutra. A exposição crônica ao meio líquido promove adaptações no sistema autonômico cardiovascular.
Abstract INTRODUCTION: During immersion in thermoneutral water, healthy individuals present a reduction in sympathetic nervous activity and reduction in vagal modulation to the heart. The chronic effects of the thermoneutral water immersion are unknown. OBJECTIVES: To test the hypothesis of that the frequent exposure to thermoneutral water immersion promotes autonomic adaptations. METHODS: In this study, we evaluated 14 healthy individuals who were frequently exposed and 12 healthy individuals who were not frequently exposed to water immersion. Subjects were maintained in the supine position, at rest out of the water, followed by the same period of time standing. They were then immersed in thermoneutral water (32°C) to the mild chest level, in the standing position for 15 minutes. Blood pressure, heart rate and time and frequency domain indices of heart rate variability were measured. RESULTS: Immersion in thermoneutral water resulted in significantly less increase in the high frequency component of the heart rate variability in individuals frequently exposed (26.5 ± 7.8 un) than individuals not frequently exposed to water immersion (40,1 ±12,3 un, p=0.012). There was a trend for less reduction in the low frequency component of heart rate variability in individuals frequently exposed (69.6 ±7,3 un) than individuals not frequently exposed to water immersion (56.9 ±12.4 un, p= 0.069). CONCLUSION: Individuals frequently exposed to water immersion present less vagal modulation and probably increased sympathetic modulation when immersed in thermoneutral water. Chronic exposure to the aquatic ambient promotes adaptations in the cardiovascular autonomic system.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8346
Arquivos Descrição Formato
000574123.pdf (187.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.