Repositório Digital

A- A A+

Comparação do teste modificado de fixação preferencial com o convencional em pacientes com estrabismo

.

Comparação do teste modificado de fixação preferencial com o convencional em pacientes com estrabismo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação do teste modificado de fixação preferencial com o convencional em pacientes com estrabismo
Outro título Comparison of the modified fixation preference test with the conventional test in strabismic patients
Autor Procianoy, Edson
Procianoy, Letícia
Resumo Objetivo: Comparar a acurácia do teste de fixação preferencial quando o paciente olha e toca o objeto alvo ao invés de apenas olhá-lo, como convencionalmente descrito. Métodos: Estudo piloto transversal e prospectivo, incluindo 40 pacientes estrábicos, com desvios maiores que 10 dioptrias prismáticas entre 7 e 30 anos. Resultados: O teste modificado mostrou sensibilidade de 93% (IC 95%=68,53 -98,73%) e especificidade de 77% (IC 95%=57,95 - 88,97%). O teste convencional apre- sentou sensibilidade de 93% (IC 95%=68,53 - 98,73%) e especificidade 46% (IC 95%= 28,76 - 64,54%). Conclusões: Estes resultados sugerem que a modificação no teste de fixação preferencial, solicitando que o paciente toque o objeto alvo, possa reduzir os resultados falsos positivos do teste.
Abstract Purpose: To compare the accuracy of the fixation preference test performed with the patient touching and looking at the fixation target, to the conventional method test done with the patient only looking at it. Methods: A pilot transversal and prospective study was done with 40 strabismic patients with deviations greater than 10 prism diopters, from 7 to 30 years old. Results: The modified test had a sensitivity of 93% (IC 95%=68.53 - 98.73%) and specificity of 77% (IC 95%=57.95 - 88.97%); while the conventional test had a sensitivity of 93% (IC 95%=68.53 - 98.73%) and a specificity of 46% (IC 95%=28.76 - 64.54%). Conclusions: Our results suggest that the modification of the fixation preference test by asking the patient to touch the fixation target might reduce the number of false positive results of the test.
Contido em Arquivos brasileiros de oftalmologia. São Paulo. Vol. 75, n. 2 (mar./abr. 2012), p. 87-88
Assunto Estrabismo
[en] Amblyopia
[en] Comparative study
[en] Fixation, ocular/physiology
[en] Predictive value of tests
[en] Risk factors
[en] Sensitivity and specificity
[en] Strabismus/diagnosis
[en] Vision tests
[en] Visual acuity
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/83484
Arquivos Descrição Formato
000851721.pdf (194.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.