Repositório Digital

A- A A+

Conservação do RNA leucocitário para detecção da expressão do gene MDR1 em equinos da Raça Crioulo

.

Conservação do RNA leucocitário para detecção da expressão do gene MDR1 em equinos da Raça Crioulo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Conservação do RNA leucocitário para detecção da expressão do gene MDR1 em equinos da Raça Crioulo
Outro título Preservation of leucocyte RNA for detection of MDR1 gene expression in crioulo horses
Autor Lamberts, Marianne
Orientador Natalini, Claudio Correa
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Medicina Animal: Equinos.
Assunto Equinos
Eqüinos : Raça crioula
Reproducao animal : Equinos
RNA
Sangue : Analise
[en] Horse
[en] MDR1
[en] mRNA
[en] PAXgene
[en] Preserved blood
Resumo O estudo da expressão gênica é de grande aplicabilidade nas áreas de pesquisa científica e clínica. Por ser um método pouco invasivo e permitir coletas seriadas, a utilização de amostras sanguíneas facilita a análise da transcrição gênica. O maior desafio para a precisão nos ensaios moleculares é manter uma amostra com qualidade desde a coleta, armazenamento e transporte até o momento de sua análise. Este estudo utilizou um sistema de conservação de RNA sanguíneo que manteve amostras de qualidade após a coleta, transporte e armazenamento, permitindo extração de RNA e identificação da expressão do gene MDR1 em cavalos da raça Crioulo. Foram coletadas amostras sanguíneas de 27 cavalos a campo em tubos PAXgene® Blood RNA, que após o transporte e armazenamento a -20°C por 90 dias foram processadas em laboratório. A extração do RNA sanguíneo foi realizada com o kit Nucleo Spin® RNA II, a conversão em cDNA foi com o kit High-Capacity cDNA Reverse Transcription, utilizando a fluorimetria para as avaliações. A identificação da expressão do gene MDR1 em sangue conservado utilizou primer específico para cDNA e PCR em tempo real. Houve extração de RNA em todas as amostras coletadas, sendo que as leituras das concentrações de RNA das amostras com DNA contaminante não tiveram diferença estatística das amostras sem DNA contaminante. Ocorreu amplificação do gene MDR1 a partir do RNA das amostras, independente de contaminação de DNA. A coleta de sangue venoso dos cavalos a campo com os tubos PAXgene foi realizada sem complicações. A amplificação do mRNA com primer específico para transcrito do gene MDR1, de amostras submetidas aos métodos de coleta, armazenamento e processamento executados neste trabalho, confirma que o mRNA extraído, com a metodologia descrita, é viável, sendo sua expressão identificada em leucócitos sanguíneos de equinos da raça Crioulo.
Abstract Efficient nucleic acid extraction methods are paramount for gene expression studies and applications in the scientific and clinical research. Whole blood samples provide material for gene transcription analysis allowing serial trials with a not much invasive procedure. Still, a major challenge for molecular assays accuracy and reliability is to maintain RNA stability during sample collection and storage. A whole blood collection system for RNA preservation was used during collection, transport and storage of samples intended for RNA extraction and identification of the MDR1 gene in Crioulo horses. The blood samples were obtained from 27 horses in the field using the PAXgene® Blood RNA tubes. After 2h transport at room temperature, the samples were stored at -20oC for 90 days before processing. RNA extraction was performed with the Nucleo Spin® RNA II kit and cDNA conversion carried out with the High-Capacity cDNA Reverse Transcription kit. RNA concentration was determined by fluorometry. MDR1 gene expression was assessed using real time polymerase chain reaction (PCR) with a specific primer for cDNA. RNA was successfully extracted from all samples. Total RNA yield from DNA contaminated samples was not statistically different from those without DNA contamination. MDR1 gene amplification occurred regardless of DNA contamination. There were no complications during horse handling and blood sampling direct into PAXgene tubes in the field. Successful amplification of MDR1 gene transcript with a specific primer showed that blood samples collected, stored and processed under the described methodology provided viable mRNA for down-stream applications of molecular analyses. This study allowed the identification of the gene MDR1 in blood leucocytes of Crioulo horses.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/83486
Arquivos Descrição Formato
000906514.pdf (480.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.