Repositório Digital

A- A A+

Plasma Seminal: Efeito na motilidade, funcionalidade de membrana e dispersão da cromatina espermática do sêmen equino refrigerado a 5°C e tratado com N-Acetil-L-Cisteína

.

Plasma Seminal: Efeito na motilidade, funcionalidade de membrana e dispersão da cromatina espermática do sêmen equino refrigerado a 5°C e tratado com N-Acetil-L-Cisteína

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Plasma Seminal: Efeito na motilidade, funcionalidade de membrana e dispersão da cromatina espermática do sêmen equino refrigerado a 5°C e tratado com N-Acetil-L-Cisteína
Outro título Seminal Plasma: Effect on motility, membrane functionality, and sperm chromatin dispersion of equine semen treated with N-Acetyl-L-Cysteine at 5°C
Autor Rodrigues, Murilo Farias
Orientador Rubin, Mara Iolanda Batistella
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Medicina Animal: Equinos.
Assunto Antioxidante
Cromatina
Equinos
N-Acetil-L-Cisteína
Plasma seminal : Equinos
Resfriamento
[en] Cooled
[en] Equine
[en] Semen
Resumo No presente estudo três concentrações de N-acetil-l-cisteina (NAC) foram avaliadas no diluente equino resfriado a 5°C através da motilidade do sêmen, integridade da cromatina espermática e choque hiposmótico sobre o ejaculado em diluente Kenney na proporção 1:2 com 50% de plasma seminal. O ejaculado de nove garanhões diluído na proporção 1:2 em meio Kenney foi dividido em 4 partes iguais e suplementado com 5,0, 2,5 e 0,5mM de NAC e um grupo não suplementado (0,0mM). As avaliações foram realizadas a fresco (0h), 24 e 48h de resfriamento. A análise de motilidade nos dois experimentos foi avaliada até às 24 horas. No experimento 2, a adição de 0,5 e 5,0mM de NAC resultou em áreas de dispersão da cromatina espermática similares (59,7 e 55,5μM2, respectivamente). Entretanto, a área de dispersão da cromatina no grupo não suplementado (65,3μM2) e com 2,5mM de NAC (52,8μM2) apresentou diferença (P<0,05). O percentual de células com membrana plasmática funcional foi similar entre o grupo não suplementado e o grupo suplementado com 0,5mM de NAC (39,7 e 39,8%, respectivamente), porém superior a NAC 2,5mM (34,5%) e 5,0mM (34,2%). A motilidade progressiva dos ejaculados suplementados com NAC foram similares entre si e somente o grupo NAC 0,5mM (35,2%) apresentou similaridade de células móveis com o grupo não suplementado (36,2%). Os maiores danos à cromatina espermática no sêmen equino diluído com 50% de plasma seminal mantido resfriado a 5°C ocorrem a partir de 24h de resfriamento. A adição de 2,5 e 5,0mM de NAC comprometem a motilidade e a funcionalidade de membrana espermática equina, mas não causa efeito deletério sobre a integridade do DNA.
Abstract In this study, three concentrations of N-acetyl- l-cysteine (NAC) were evaluated by sperm motility, membrane functionality (hypo-osmotic test), and sperm chromatin integrity. the hypo-osmotic test showed only 32.4% (P <0.05) of the cells having a functional membrane 12h into the cooling process, while the fresh semen (0h) was 53.5%. The percentage of motile cells decreased within 12h of cooling from 38.9 to 19.7%, with no difference between 12 and 24h of cooling. The tests of sperm chromatin dispersion and hypo-osmotic shock revealed similarities between the periods of cooling at 24 to 48h. In Experiment 2, the nine stallion ejaculates were divided into 4 equal parts, diluted in half with Kenney milk powder supplemented with 5.0, 2.5 and 0.5mM NAC and a group not supplemented (0.0mM). The evaluations were made fresh (0h), 24 and 48h after cooling. The analysis of motility was assessed in all experiments up to 24 hours. In experiment 2, the addition of 0.5 to 5.0mM NAC resulted in areas of similar sperm chromatin dispersion (59.7 and 55.5μM2, respectively). However, the area of the chromatin dispersion between non-supplemented group=0.0mM (65.3μM2) and 2.5mM NAC (52.8μM2) differ (P <0.05). The percentage of cells with plasma membrane function were similar between the supplemented with 0.5mM NAC and non-supplemented (0.0mM) groups with (39.7 and 39.8%, respectively), but higher than 2.5mM (34.5%) and 5.0mM (34.2%). Progressive motility of ejaculates supplemented with NAC were similar, but only the group with 0.5mM NAC which resulted in 35.2% of mobile cells showed similarities with the non-supplemented group (36.2%). The greatest damage to sperm chromatin in equine semen diluted with 50% seminal plasma kept cooled to 5°C was due to 24h cooling. The addition of 2.5 and 5.0mM NAC inhibits the mobility and functionality of the equine sperm membrane, but does not cause a deleterious effect on the integrity of the DNA.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/83516
Arquivos Descrição Formato
000906358.pdf (738.8Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.