Repositório Digital

A- A A+

Variação sociolinguística na fala-em-interação : análise quantitativa e qualitativa do uso variável de vibrante simples em lugar de múltipla no portugês brasileiro de bilíngues português-alemão

.

Variação sociolinguística na fala-em-interação : análise quantitativa e qualitativa do uso variável de vibrante simples em lugar de múltipla no portugês brasileiro de bilíngues português-alemão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Variação sociolinguística na fala-em-interação : análise quantitativa e qualitativa do uso variável de vibrante simples em lugar de múltipla no portugês brasileiro de bilíngues português-alemão
Outro título Language variation in conversation : quantitative and qualitative analysis of the variable use of tap where a trill is expected in Brazilian Portuguese in the speech of Portuguese-German bilinguals
Autor Kanitz, Andréia
Battisti, Elisa
Resumo O presente artigo aborda o emprego variável de vibrante simples em lugar da múltipla (cachorro~cachoro, arroz~aroz) na fala-em-interação em português brasileiro entre bilíngues português-alemão. Agrega-se à análise quantitativa (LABOV, 1972) dos dados levantados da interação uma análise qualitativa microinteracional (LODER; JUNG, 2008; GARCEZ, 2008). Do ponto de vista estatístico, o estudo revela que a variável idade condiciona o emprego da vibrante simples, favorecido por participantes com ‘mais de 40 anos’ e desfavorecido por participantes com ‘menos de 40 anos’. Do ponto de vista microinteracional, a análise demonstra que, de modo geral, o emprego variável da vibrante simples não é tornado relevante pelos participantes. Um único emprego, de um participante com ‘menos de 40 anos’, foi problematizado. Argumenta-se que a problematização se deva ao fato de não haver, no conhecimento de senso comum compartilhado pelos participantes, a expectativa de os falantes jovens usarem vibrante simples em lugar de múltipla, tendência que os pesos relativos da análise quantitativa também expressam. Já a expectativa de que os participantes mais velhos produzam vibrante simples em lugar de múltipla faz com que os participantes não deem relevo a essa realização, o que também se relaciona à tendência de uso verificada na análise quantitativa.
Abstract This paper is about the use of flap where a trill is expected in Brazilian Portuguese (cachorro~cachoro, arroz~aroz) by German descendants in situated speech. Both quantitative (LABOV, 1972) and microinteractional qualitative analysis (LODER; JUNG, 2008; GARCEZ, 2008) of the data are done. The quantitative analysis showed that the variable age plays a role in the use of flap: it is favored by participants who are older than 40 years old and disfavored by participants who are younger than 40 years old. The microinteractional qualitative analysis of speech in social interaction revealed that the variable use of flap is generally not made relevant by the participants. A single use of flap by a participant who is younger than 40 years old was problematized by the interactants. We claim that the problematization is due to the expectations derived from common sense shared knowledge:young people are not expected to make such a use of flap in Brazilian Portuguese, an expectation which is also expressed by the relative weights obtained by the quantitative variable rule analysis. Older participants by their turn are expected to use flap instead of trill in Brazilian Portuguese, so the participants do not make that use relevant in the interaction. This expectation also conforms to the tendency verified by the quantitative analysis.
Contido em Letrônica. Porto Alegre, RS. Vol. 6, n. 1 (jan./jun. 2013), p. 3-25
Assunto Bilingüismo
Fonologia
Língua alemã
Língua portuguesa
Variação sociolinguística
[en] Brazilian Portuguese in contact with German
[en] Language variation in speech-in-interaction
[en] The variable use of flap where a trill is expected
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/83662
Arquivos Descrição Formato
000905169.pdf (860.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.