Repositório Digital

A- A A+

Existência e inexistência de cercamento, segurança e acessibilidade de parques urbanos

.

Existência e inexistência de cercamento, segurança e acessibilidade de parques urbanos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Existência e inexistência de cercamento, segurança e acessibilidade de parques urbanos
Outro título Presence or absence of fencing, security and accessibility of urban parks
Autor Gregoletto, Debora
Bochi, Thaís Caetano
Silva, Fernanda Costa da
Reis, Antonio Tarcisio da Luz
Resumo Este trabalho tem como objetivo avaliar a influência da presença ou ausência de cercamento de parques públicos urbanos na percepção dos usuários em relação a segurança dos usuários (do interior e exterior dos parques) e do patrimônio público, bem como na acessibilidade desses espaços e os efeitos causados por este no uso e apropriação dos espaços internos dos parques. Para tanto, foram avaliados dois parques de Porto Alegre–RS, quais sejam o Parque Farroupilha e o Parque Germânia. Os principais resultados evidenciam que a percepção de segurança não é influenciada pela falta de cercamento em parques abertos, ao contrário do que ocorre em parques fechados. Os usuários de parques fechados associam a presença de cercamento na preservação do patrimônio público, sendo que em parques abertos essa avaliação varia em relação ao tipo de usuário. Além disso, os tipos de atividades realizadas pelos usuários de parques abertos, assim como a proximidade da residência, tanto em parques fechados como em abertos, são fatores que influenciam na avaliação de acessibilidade de parques urbanos.
Abstract This study aims to evaluate the influence of the presence or absence of fencing of urban public parks in the users’ perception regarding the users’ safety (inside and outside the parks) and public property, as well as the accessibility of these spaces and the effects caused by this use and ownership of the internal spaces of the parks. Thus, were evaluated two parks in Porto Alegre, which are the Farroupilha Park and Germania Park. The main results show that the safety’ perception is not influenced by the lack of fencing in the open parks, contrary to what occurs in closed parks. Closed park’s users associate the presence of fencing on the preservation of public property, and in open parks this evaluation varies with the users’ type. Furthermore, the activities’ types performed by users of open parks, and the proximity of the residence, both in closed and in open parks, are factors that influence the evaluation of urban parks’ accessibility.
Contido em Arquisur revista. Argentina. n.3 (2013), p. 125-137
Assunto Avaliação
Espaço público : Apropriação
Espaço público : Segurança
Espaço urbano : Segurança
Parques publicos
Percepção ambiental
[en] Evaluation
[en] Ownership
[en] Perception
[en] Public property
[en] Safety
[en] Use
Origem Estrangeiro
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/83678
Arquivos Descrição Formato
000905925.pdf (4.642Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.