Repositório Digital

A- A A+

Perfil bioquímico-hematológico em lhamas (Lama glama linnaeus 1758) criadas em cativeiro no sul do Brasil: variações de gênero e época do ano

.

Perfil bioquímico-hematológico em lhamas (Lama glama linnaeus 1758) criadas em cativeiro no sul do Brasil: variações de gênero e época do ano

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil bioquímico-hematológico em lhamas (Lama glama linnaeus 1758) criadas em cativeiro no sul do Brasil: variações de gênero e época do ano
Autor Santos, Elisandro Oliveira dos
Orientador Carissimi, Andre Silva
Co-orientador Diaz Gonzalez, Félix Hilário
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Determinacao do sexo
Lhama
Testes hematológicos
Resumo As lhamas são camelídeos sul-americanos encontrados em criações zoológicas no Brasil, com grande adaptação a diferentes regiões do mundo. Devido às variações que ocorrem em decorrência da influência da região, nutrição e resposta individual dos animais, é importante caracterizar seus parâmetros fisiológicos para estabelecer valores de referência da espécie. O objetivo do presente trabalho foi estudar valores hematológicos e bioquímicos de lhamas, de um zoológico localizado no município de Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil, avaliando também possíveis diferenças entre sexo e períodos do ano. Os resultados obtidos foram comparados com aqueles descritos na literatura, objetivando contribuir para a compreensão dos mecanismos que afetam sua adaptação na região. Foram utilizadas 16 lhamas clinicamente saudáveis, 8 machos e 8 fêmeas, na faixa etária de 1 a 6 anos de idade. Foram realizadas 8 coletas de sangue para cada sexo através de venipunção jugular, durante o período de um ano. Na comparação entre os sexos, observaram-se diferenças significativas de leucócitos, CK, AST, colesterol, creatinina, frutosamina, glicose, triglicerídeos, albumina, globulinas e fósforo. Em relação a época do ano, houve diferenças significativas entre hemoglobina, triglicerídeos, frutosamina, colesterol, creatinina, proteínas plasmáticas totais, albumina, globulinas, glicose, nas enzimas ALT, AST, LDH e CK, e nos níveis de cálcio e fósforo entre alguns meses. Comparando-se os valores encontrados com a literatura, os níveis de triglicerídeos, globulinas, CK, LDH, uréia e fósforo foram elevados, além de magnésio que mostrou-se mais alto nas fêmeas, enquanto os demais metabólitos tiveram valores similares. Os resultados encontrados mostraram que as lhamas possuem diferentes maneiras de responderem ao manejo, adaptando-se a situações novas num ambiente em constante transformação. Os valores encontrados podem servir como valores de referência para lhamas criadas no sul do Brasil.
Abstract Llamas are south American camelids found in zoological parks from Brazil, and are adaptable in different world conditions. Due the influence of the region (mainly climate and altitude), nutrition and individual animal responses, it is important to characterize physiological parameters for establishing reference values for this species. The objective of this study was to establish reference values for llamas on zoo conditions from Gravataí, southern Brazil, by evaluating the biochemical and hematological profiles among sex and seasons. Sixteen clinically healthy llamas (eight males and eight females), aged one to six years-Old were used in this trial. Eight blood collections were performed for each animal through jugular venipuncture, along one year. In the comparison between sex, significant differences were observed in leukocites, CK, AST, cholesterol, creatinine, fructosamine, glucose, tryglycerides, albumin, globulin and phosphorus. Regarding the year period, statistical difference was founded in the hemoglobin, tryglycerides, fructosamine, cholesterol, creatinine, total protein, albumin, globulin and, glucose, as well as in enzymes ALT, AST, LDH, CK, and calcium and phosphorus level. Compare with data from literature, the found values for tryglycerides, globulin, CK, LDH, urea and P were higher, and Mg exhibit higher values in females. Other metabolic data were similar to literature report. The results showed that llamas have different ways of responsing to husbandry, situations in an environment of constant transformations. On this basis, the results can be useful as reference values for llamas maintained in the south of Brazil.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8419
Arquivos Descrição Formato
000575659.pdf (944.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.