Repositório Digital

A- A A+

Impacto do método "audit and feedback" sobre solicitações de serviços auxiliares de diagnose e terapia ao nível ambulatorial numa singular da UNIMED

.

Impacto do método "audit and feedback" sobre solicitações de serviços auxiliares de diagnose e terapia ao nível ambulatorial numa singular da UNIMED

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impacto do método "audit and feedback" sobre solicitações de serviços auxiliares de diagnose e terapia ao nível ambulatorial numa singular da UNIMED
Autor Azevedo, Jorge de
Orientador Fisher, Paul Douglas
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Administração de serviços de saúde
Assistência ambulatorial
Auditoria médica
Economia da saúde
Otimização
Políticas, planejamento e administração em saúde
[en] Ambulatory care
[en] Audit and feedback
[en] Health administration and planning
[en] Health economics
[en] Health services administration
[en] Medical audit
[en] Optimization
Resumo A demanda por procedimentos médicos gerados pela transformação dos perfis etários e de morbi-mortalidade das populações tem forçado uma escalada contínua dos custos da assistência que atingem limites críticos em relação à disponibilidade de recursos. É neste contexto onde a priorização é a regra e o desperdício inaceitável, que métodos de otimização vem sendo desenvolvidos, dentre eles o “Audit and feedback”. De um total de 176 médicos de uma regional de cooperativa, 130 constituíram a amostra para estudo Quase-experimento com total de dois anos de seguimento (2004- 2005). As informações tratavam do “Índice de Solicitações de Serviços Auxiliares de Diagnose e Terapia” (Is SADT) e eram fornecidas de modo que cada profissional sabia qual era a sua posição dentro do grupo da mesma especialidade, mas não tinha condições de identificar os demais. Apesar do número absoluto de SADT realizados ter sido no mínimo o quádruplo do esperado para a população de beneficiários, o retorno de informações visando à conscientização pelo método “Audit and Feedback” não foi capaz de provocar diferenças significas nas solicitações de procedimentos nos diferentes grupos de médicos, conforme constatado após análise estatística. Não se evidenciou nenhuma relação significativa das variáveis independentes deste estudo (sexo, tempo de formado e tempo de cooperado), com os Índices de Solicitações de SADT dos médicos que estavam acima ou abaixo da mediana nos diferentes estratos. Persiste como desafio, a comprovação do fator ou fatores responsáveis por esta resposta. Propõe-se um conjunto de ações a serem associadas, uma vez que o processo de conscientização isoladamente foi inócuo.
Abstract Changing age, morbidity and mortality profiles of populations have caused an increase in the demand for medical procedures and a continuous increase in the cost of health services that is reaching limits in terms of available resources. It is in the context of prioritization as the rule and waste as unacceptable that optimization methods have been developed, among them “audit and feedback”. Of a total of 176 physicians of a regional cooperative, 130 were included in the study sample. The procedure ordering behaviour of each physician in the sample was monitored during all of 2004 and 2005. Audit: each month the an “index of solicitations for auxiliary diagnostic and treatment services”, or SADT, basically the average number of orders per consultation for the month, was calculated for each physician. Feedback: SADT for all participating physicians, organized by speciality and rank, were sent to each participating physician. The results were presented in a way that each physician could locate themselves in the ranking without being able to identify where any other physicians placed in the ranking. Despite absolute number of SADT on average fourfold that expected for the demographic profile of the population being served, statistical analysis of the results showed that the “Audit and Feedback” optimization method did not have a significant effect on the ordering behaviour of physicians or in the sample, un-grouped or grouped by speciality, gender, time in practice or time in the cooperative. Nor did grouping according the whether and individual physician was initially above or below the median SADT reveal any significant effect of the method on ordering behaviour. The results do show that factors other than how a physician's individual SADT compares to that of his or her peers, determines their procedure ordering behaviour. Identifying these factors remains an important challenge in the context of health services optimization.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8491
Arquivos Descrição Formato
000577892.pdf (291.7Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.