Repositório Digital

A- A A+

Resiliência e sua relação com mudança na autoperceção de saúde bucal em idosos independentes do sul do Brasil

.

Resiliência e sua relação com mudança na autoperceção de saúde bucal em idosos independentes do sul do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Resiliência e sua relação com mudança na autoperceção de saúde bucal em idosos independentes do sul do Brasil
Autor Bez, Andressa da Silveira
Orientador Hilgert, Juliana Balbinot
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Idoso
Odontologia social
Saúde bucal
[en] Longitudinal studies
[en] Older people
[en] Psychological resilience
[en] Self-perception of oral health
Resumo A relação existente entre mudança de percepção da saúde bucal e resiliência é escassa na literatura. O objetivo deste trabalho foi descrever as dinâmicas de mudança de autopercepção relacionada à saúde bucal (melhora e piora) e avaliar os fatores determinantes destas mudanças em idosos do sul do Brasil. Uma amostra representativa de 587 pessoas, com 60 anos ou mais, residentes em Carlos Barbosa, RS, foi avaliada em 2008. O seguimento foi realizado em 2012 e foram avaliados 389 idosos. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética da Faculdade de Odontologia da UNICAMP. Os participantes responderam a um questionário sociodemográfico e de saúde geral, a Escala de Resiliência e passaram pelo exame de saúde bucal. A mudança de autopercepção relacionada à saúde bucal foi categorizada em decréscimo, estabilidade e acréscimo entre 2008 e 2012. A fim de analisar os fatores associados com as mudanças na percepção relacionada à saúde bucal em idosos independentes, utilizou-se a regressão multinomial. Os indivíduos apresentaram 21,9% de decréscimo, 48,1% permaneceram estáveis e 30% apresentaram acréscimo na mudança de autopercepção relacionada à saúde bucal. Uso dos serviços odontológicos (OR=3,28,IC=1,05-10,22) e comorbidades (OR=5,43,IC=1,17-25,18) associaram-se com melhora e renda (OR=1,89,IC=1,00-3,57) e resiliência (OR=7,70, IC=0,97-61,02) associaram-se com piora na autopercepção relacionada à saúde bucal. Conclui-se que há uma relação entre as ideias de flexibilidade e de adaptação inseridas no conceito da resiliência e a maneira como um indivíduo vê sua saúde bucal.
Abstract The existing relation between change of oral health perception and resilience is insufficient in the literature. The aim of this study was to describe the dynamics of self-perception’s change related to the oral health (improvement and decline) and to evaluate the determinants of these changes in older people of the southern of Brazil. A representative sample of 587 people aged 60 years or more, living in Carlos Barbosa, RS, was evaluated in 2008. The follow-up was made in 2012 and 389 older people were evaluated. This study was approved by the Committee of Ethics of the Faculty of Dentistry of the State University of Campinas. The participants answered an oral health and socio-demographic questionnaire, the Resilience Scale, and took an oral health exam. The change of self-perception related to the oral health was categorized as decrement, stability and increment between 2008 and 2012. In order to analyze the factors associated with the changes in the perception related to the oral health in independent living older people it was used a hierarchical analysis, made through multinomial regression. The individuals experienced 21.9% of decrement, 48.1% remain stable and 30.0% experienced increment in the change of self-perception related to the oral health. Access to the oral services (OR=3.28,CI=1.05-10.22) and co-morbidities (OR=5.43,CI=1.17-25.18) were associated with improvement, income (OR=1.89,CI=1.00-3.57) and resilience (OR=7.70, CI=0.97-61.02) was associated with the decline in the self-perception related to the oral health. It is concluded that there is a relation between the ideas of flexibility and adjustment inserted in the concept of the resilience and the manner how an individual perceives its oral health.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/85087
Arquivos Descrição Formato
000906607.pdf (480.0Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.