Repositório Digital

A- A A+

O processo artístico como um dispositivo ficcional : da ficcionalização de objetos à ficcionalização do artista

.

O processo artístico como um dispositivo ficcional : da ficcionalização de objetos à ficcionalização do artista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo artístico como um dispositivo ficcional : da ficcionalização de objetos à ficcionalização do artista
Autor Nascimento, Elisa de Noronha
Orientador Rey, Sandra Terezinha
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais.
Assunto Arte contemporânea
Poeticas visuais
Processo artistico
Resumo Esta dissertação tem como principal objetivo formular uma reflexão acerca do processo de instauração das três propostas artísticas, apresentadas como resultados práticos da pesquisa: Faça fácil, Autoretratos e Sonhos. Tal reflexão é conduzida por questionamentos que, suscitados pelo próprio processo, colaboram para o estabelecimento do mesmo enquanto um dispositivo ficcional. Ou seja, meu processo artístico é entendido como um sistema por meio do qual instauro e apresento universos ficcionais. Sendo assim, o objeto de estudo desta dissertação é os procedimentos para a construção dos universos ficcionais instaurados pelo processo. Partindo da hipótese de que os universos são instaurados, principalmente, por meio da construção de personagens ficcionais, seres imaginários, frutos de uma invenção, proponho uma análise dos procedimentos para a construção dos personagens que figuram em minhas obras. Desta forma, a discussão desenvolve-se em torno da seguinte questão: como, concretamente, são construídos os personagens ficcionais, em meu processo artístico? Uma possível resposta a essa questão leva ao ponto de irradiação de Faça fácil, Auto-retratos e Sonhos e, conseqüentemente, ao eixo principal da pesquisa: pelo tensionamento da fronteira que existe entre a realidade e a ficção, ou melhor, entre a realidade da vida cotidiana e os universos ficcionais instaurados pelo meu processo artístico.
Abstract This dissertation has as main objective to formulate a reflection concerning the process of instauration of the three artistic proposals, presented as practical results of the research: Do easy, Self-portraits and Dreams. Such reflection is driven by questions that, suscitated by the own process, they collaborate for the establishment of the same while a fictional device. In other words, my artistic process is understood as a system through which I establish and I present fictional universes. Being thus, the object of study of this dissertation is the procedures for the construction of the fictonal universes established by the process. Starting from the hypothesis that the universes are established, mainly, through the construction of fictional personages, imaginary beings, fruits of an invention, I propose an analysis of the procedures for the personages' construction that figure in my works. This way, the discussion develops around the following question: how, concretely, are constructed the fictional personages, in my artistic process? A possible answer to this question takes to the point of irradiation of Do Easy, Self-portraits and Dreams and, consequently, to the main axis of my research: by the tension of the border that exists between the reality and the fiction, or better, between the daily life's reality and the universes established by my artistic process.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/8513
Arquivos Descrição Formato
000578266.pdf (4.858Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.