Repositório Digital

A- A A+

Permanência, identidade e rearquitetura social : outro olhar para a preservação

.

Permanência, identidade e rearquitetura social : outro olhar para a preservação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Permanência, identidade e rearquitetura social : outro olhar para a preservação
Autor Kiefer, Marcelo
Orientador Fuao, Fernando Delfino de Freitas
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura social
Habitacao popular
Identidade social
Patrimônio histórico : Preservação
Preservação arquitetônica
[en] Historial
[en] Identity
[en] Kaleidoscopic
[en] Memory
[en] Monument
[en] Permanence- transformation
[en] Preservation
[en] Repetition- difference
[en] Social
Resumo Esta tese funde a princípios de preservação revisados a ideia de transformação social que possa se dar de forma legítima e sólida, tanto para moradores de habitações sociais ou em situação de rua como para toda a sociedade. É lançado outro olhar sobre a teoria e a prática do exercício intencional sobre as permanências e transformações; não aquele das cartas de conservação do patrimônio histórico – sob a égide do desenvolvimento patriarcal e do domínio mercantil –, mas um que se amplia até a área da rearquitetura social, o fazer arquitetura sobre a arquitetura social preexistente; nesse caso, contribuindo para as transformações de uma realidade homogeneizante, de segregação e subjugo. Um olhar que vê a preservação como algo natural, não imposto, característica de uma sociedade multicultural, com equilíbrio e justiça entre os homens e entre o sujeito e a coletividade, que parte do princípio de que a necessidade de pertencer e se individualizar é inerente a todos os sujeitos e que o preservar deve ajudar a manter a participação de todos no caráter da sociedade, representando as diversas identidades e suas expressões. Destaca-se, nesse processo, que a identidade da repetição e da diferença é aspecto fundamental para o preservar, e que essa ação se estabelece na interdependência da permanência com a transformação, dentro de uma lógica complexa e diversa de uma estrutura caleidoscópica multidirecional de relações humanas. Para essa construção são revisados e analisados conceitos como o de patrimônio, patrimônio histórico, monumento e monumento histórico, e trabalhado o mal do arquivo, da acumulação e do progresso, estabelecendo-se ainda uma aproximação às concepções da Nova Museologia. Essa obra, além do desenvolvimento teórico, se constrói na observação e reflexão de ambientes e eventos concretos, cotidianos, ilustrados por exemplos estudados e experienciados. Alguns desses exemplos já representam a contestação de um modelo que não atende as demandas sociais contemporâneas.
Abstract This thesis merges to revised principles of preservation the idea of social transformation, which can take place in a legitimate and solid way, both for residents of public housing or for the homeless population and the whole society. We look at the theory and practice of intentional exercise on the permanencies and transformations from under a different perspective. Not the one of the letters of historical patrimony conservation, under the aegis of patriarchal development and mercantile area, but one that extends to the area of social rearchitecture; the making of architecture over the existing social architecture, in this case, contributing to transform a homogenizing reality of segregation and subjugation. Our perspective sees preservation as something natural, not forced, characteristic of a multicultural society, with balance and justice among men and between the subject and the community, and which assumes that the need to belong and to individualize is inherent to all subjects, and that preserving should help keep the participation of all in the character of society, representing the diverse identities and expressions. It is noteworthy, in this process, that the identity of repetition and difference is a fundamental aspect to preserve, and that this action is established in the interdependence of permanence and transformation, within a diverse and complex logical structure of multidirectional kaleidoscopic human relations. For this purpose the concepts of patrimony, historical patrimony, monuments and historic monument are reviewed and analyzed, and the evil file, of accumulation and progress, is addressed, establishing an approximation to the conceptions of New Museology. This work, in addition to the theoretical development, builds itself on the observation and reflection of environments and concrete everyday events, studied and illustrated by experienced examples. Some of these examples already represent a challenge to a model that does not meet the contemporary social demands.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/85196
Arquivos Descrição Formato
000907502.pdf (5.897Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.