Repositório Digital

A- A A+

Fatores que interferem no acesso de usuários a um ambulatório básico de saúde

.

Fatores que interferem no acesso de usuários a um ambulatório básico de saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores que interferem no acesso de usuários a um ambulatório básico de saúde
Outro título Factors that interfere in user access to a basic health care outpatient clinic
Outro título Factores que interfieren en el acceso de usuarios a un ambulatorio básico de salud
Autor Dall'Agnol, Clarice Maria
Lima, Maria Alice Dias da Silva
Ramos, Donatela Dourado
Resumo Pesquisa quantitativa com os objetivos de caracterizar os usuários de um ambulatório básico de saúde de Porto Alegre, RS, e identificar os motivos daqueles procedentes de fora da área de abrangência que os levam a buscar atendimento na área de clínica geral. Mediante análise descritiva simples dos dados, obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas com 520 usuários que aguardavam consulta, verificou-se que a maioria dos respondentes reside em Porto Alegre, embora não pertença à área de abrangência. Entre os motivos da procura por esse ambulatório básico, foram mencionadas a suposta maior proximidade com a moradia, a agilidade na marcação da primeira consulta e reconsulta, a destreza para realização de exames, a boa qualidade do atendimento médico e do atendimento geral do serviço e a facilidade na obtenção de medicamentos e no agendamento de consulta com médico especialista. Os resultados sinalizaram que, havendo flexibilidade na forma organizativa do sistema municipal, os usuários buscam o serviço que melhor lhes convêm, usando critérios de escolha que não se restringem às facilidades de acesso geográfico, mas envolvendo principalmente facilidades de acesso funcional, isto é, vantagens decorrentes do processo de trabalho do serviço de saúde.
Abstract Quantitative research to characterize the users of a basic health care outpatient clinic in Porto Alegre/RS and to identify why those from outside of the region covered sought care in the field of general medicine. A simple descriptive analysis of the data obtained in semistructured interviews with 520 users who were waiting to be seen found that most of the respondents live in Porto Alegre, although they do not belong to the area covered. Among the reasons mentioned for coming to this basic care clinic were that supposedly it was nearer home, greater flexibility in making the first appointment and the follow-up, dexterity in performing exams, good quality medical care and general attention at the clinic, and ease in obtaining medications and making appointments with specialists. The results showed that if there is flexibility in the organization of the municipal system, the users come to the one they find most useful, using criteria of choice that are not limited to easy geographic access, but involving mainly easy functional access, i.e., advantages resulting from the work process of the health care service.
Contido em Revista Eletrônica de Enfermagem. Goiânia. Vol. 11, n. 3 (2009), p. 674-680
Assunto Acesso aos serviços de saúde
Ambulatório de saúde : Acesso de usuários
[en] Appointments and schedules
[en] Health services accessibility
[en] Health system
[es] Accesibilidad a los servicios de salud
[es] Citas y horarios
[es] Sistemas de salud
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/85273
Arquivos Descrição Formato
000728165.pdf (66.76Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.