Repositório Digital

A- A A+

Caracterização de paleossolos aluviais em baicias sedimentares mesozóicas : determinação dos controles sedimentares e implicações paleoambientais

.

Caracterização de paleossolos aluviais em baicias sedimentares mesozóicas : determinação dos controles sedimentares e implicações paleoambientais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização de paleossolos aluviais em baicias sedimentares mesozóicas : determinação dos controles sedimentares e implicações paleoambientais
Autor Pierini, Cristina
Orientador Mizusaki, Ana Maria Pimentel
Data 2006
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Paleoambiente
Paleoclima
Paleossolos
Resumo A realização desta tese de Doutorado teve como principal objetivo o estudo de paleossolos e paleoalterações, com ênfase na determinação de critérios para a sua identificação e diferenciação, assim como uma pesquisa envolvendo as diversas interpretações que podem resultar deste estudo. Como resultado desse trabalho, são apresentados três artigos técnicos que desenvolvem o assunto, trazendo os resultados obtidos e que, por fim, sugerem a continuidade desta importante linha de pesquisa. O primeiro artigo traz uma revisão conceitual sobre paleossolos e discute suas principais aplicações. Os outros dois artigos trazem o trabalho desenvolvido em duas bacias sedimentares distintas, também com idades geológicas distintas. A formação da Bacia de Ischigualasto-Villa Unión (NW, Argentina) está associada ao início do Ciclo Gondwânico de idade Permo-Triássica, que é contemporâneo à geração das bacias triássicas argentinas. As formações Talampaya e Tarjados refletem o início do preenchimento sedimentar da bacia e são representadas por arenitos e siltitos de um sistema aluvial/fluvial. De acordo com características macroscópicas, microscópicas e a sua ocorrência no sistema fluvial, foi possível identificar dois tipos de paleossolos. A sua existência reflete, não só as variações laterais do sistema deposicional, como também o clima atuante quando da sua formação. Na Bacia do Recôncavo (NE, Brasil), foram estudados sedimentos depositados em um sistema flúvio-deltáico pertencentes à Formação Sergi e que representam a fase pré-rift da bacia (Juro-Cretáceo). As paleoalterações descritas são resultado das oscilações do lençol freático e, por esse motivo, não representam produtos de pedogênese. O estudo de paleossolos vem adquirindo uma crescente importância, não apenas na caracterização de ambientes deposicionais, como também no refinamento de correlações estratigráficas e na determinação de paleoclimas e paleoambientes. Recentemente, vem sido testada a hipótese de seu papel como selantes e como barreira de permeabilidade em reservatórios de óleo e gás. Enfim, por esses diversos motivos, esse trabalho procurou enfatizar o papel do estudo de paleossolos dentro da ciência geológica, focalizando a necessidade da sua continuidade e de seu constante aprimoramento.
Abstract This PhD thesis was principally aimed at the study of paleosols and paleoalterations, emphasizing on determinant criteria for their identification and differentiation, as well as research involving the diverse interpretations that can result from this study. As a result of this research, three technical articles are presented which develop the subject, demonstrating the obtained results, and that, at last, suggest this important line of work to be continued. The first article shows a conceptual review on paleosols and discusses their principal applications. The other two articles show work developed in two distinct sedimentary basins, also with distinct geological ages. The Ischigualasto-Villa Unión Basin (NW, Argentina) formation is associated with the beginning of the Gondwanic Cycle during the Permo-Triassic age, which is contemporaneous to the generation of the Argentine Triassic basins. Talampaya and Tarjados Formations reflect the beginning of the basin’s sedimentary fill by sandstones and siltstones from an alluvial/fluvial system. According to macroscopic and microscopic characteristics and the occurrence of the fluvial system, it was possible to identify two types of paleosols. Their existence reflects, not just the lateral variations of the depositional system, but as well as the present climate at the time of formation. In Recôncavo Basin (NE, Brazil), deposited sediments were studied coming from an alluvial-floodplain system pertaining to the Sergi Formation and that represents the pre-rift basin phase (Jurassic-Cretaceous). The described paleoalterations are results of oscillations in the underground water table, and, due to this, do not represent pedogenesis products. Paleosol study has been acquiring a growing importance, not only in characterizing depositional environments, but also in refining stratigraphic correlations, and in determining paleoclimates and paleoenvironments. Recently, the hypothesis that they are a sealant and permeability barrier in gas and oil reserves has been tested. So, for these diverse motives, this study tried to emphasize on the paleosol role in geological sciences, focusing on the necessity of continuing and the perfection of their study.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/8530
Arquivos Descrição Formato
000578680.pdf (12.74Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.