Repositório Digital

A- A A+

Coordenação e governança : um estudo de caso na cadeia de malacocultura da grande Florianópolis

.

Coordenação e governança : um estudo de caso na cadeia de malacocultura da grande Florianópolis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Coordenação e governança : um estudo de caso na cadeia de malacocultura da grande Florianópolis
Autor Dorow, Reney
Orientador Machado, Joao Armando Dessimon
Co-orientador Silva, Edson
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM AGRONEGÓCIOS.
Assunto Agronegócio
Aqüicultura
Cadeia produtiva
Comercialização
Florianópolis (SC)
Molusco
[en] Aquaculture
[en] Cluster
[en] Governance
[en] Transaction costs economics
Resumo A aquicultura representa uma importante fonte de proteína na alimentação humana. A Ásia é responsável por aproximadamente 90% da produção mundial. No Brasil, a partir da década de 1990, uma especialidade da aquicultura denominada malacocultura, focada na produção de moluscos bivalves (sobretudo ostras, mexilhões e vieiras), começou a se destacar em Santa Catarina, Estado que concentra atualmente mais de 90% da produção brasileira e a maior parte é produzida na região da Grande Florianópolis. Este trabalho teve como objetivo identificar e analisar a estrutura de governança na cadeia de Malacocultura da Grande Florianópolis, símbolo de qualidade na produção de ostras derivado da concentração geográfica dessa região. Foi realizado um estudo de caso tendo como enfoque teórico a Nova Economia Institucional (NEI) complementada pela abordagem microanalítica da Economia dos Custos de Transação (ECT), baseada nos trabalhos de Oliver E. Williamson. Realizou-se pesquisa qualitativa e utilizou-se da Análise Estrutural Discreta Comparada para a análise e interpretação dos dados. Utilizou-se questionário e realizaram-se entrevistas com agentes de todos os elos produtivos, análise de documentos e consulta a dados secundários. Verificou-se que a cadeia de Malacocultura da Grande Florianópolis se distingue em uma cadeia de comercialização curta e outra longa, e sofre influência de diversos fatores indutores de formas de governança, destacando a alta especificidade de ativos, a alta frequência e a elevada racionalidade limitada em ambas as cadeias de comercialização. Com base no Esquema da Indução das Formas de Governança, proposto por Zylbersztajn, identificou-se que a cadeia curta de comercialização deve adotar uma estrutura de governança híbrida, enquanto a cadeia de comercialização longa deve utilizar uma estrutura de governança híbrida ou integrada verticalmente. Verificou-se fraco a semiforte grau de coordenação nas duas cadeias de comercialização, o que impossibilita uma maior organização dos seus agentes, prejudicando a consolidação da cadeia de Malacocultura da Grande Florianópolis em inúmeros mercados.
Abstract Aquaculture represents an important source of protein in human nutrition. Asia is responsible for approximately 90% of world production. In Brazil, from 1990 onwards, bivalve molluscs production (oysters, mussels and scallops) began to stand out in Santa Catarina State. It concentrates more than 90% of the Brazilian production, most of it is produced in the Florianópolis Region. This study is aimed at identifying and analyzing the governance structure in the bivalve molluscs culture chain in the Florianópolis Region, which is a symbol of oyster production quality resulted from their geographical concentration in that region. A case study was conducted using the theoretical approach named New Institutional Economics (NIE) complemented by the micro analytical approach called Transaction Costs Economics (TCE), based on the studies of Oliver E. Williamson. Qualitative research was carried out and Comparative Discrete Structural Analysis was used in data analysis and interpretation. Questionnaires were applied and interviews were carried out with agents of all productive links. Both documentary and secondary data analyses were also conducted. It was found that the bivalve molluscs culture chain in the Florianópolis Region is distinguished by one short-chain and another long-chain commercialization. This chain is influenced by several factors inducing forms of governance, specially the high asset specificity, high frequency and high limited rationality in both commercialization chains. Based on the Induction Scheme for Forms of Governance, proposed by Zylbersztajn, it was identified that the short-chain of commercialization should adopt a hybrid governance structure, while the long-chain commercialization should use a hybrid or vertically integrated governance structure. It was observed a low/semi-strong coordination degree in the two commercialization chains, which makes it impossible to achieve a better organization of their agents and turns the consolidation of the bivalve molluscs culture chain of Florianópolis Region into a difficult task in many markets.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/85324
Arquivos Descrição Formato
000909119.pdf (4.515Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.